Policial da reserva é assassinado a tiros dentro de condomínio residencial

A Polícia Civil de Criciúma, investiga a morte do policial militar da reserva do 9º Batalhão, Carlos Amarildo Vieira,  53 anos. Ele foi morto a tiros na madrugada deste sábado, no bairro Jardim União, em Criciúma, enquanto trabalhava como vigilante em um condomínio residencial.

O crime ocorreu por volta das 5h30, segundo a Polícia Militar, a vítima estava na guarita do condomínio quando foi surpreendida pelo autor dos disparos, que atingiram a cabeça e outras partes do corpo. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Conforme informações a morte pode ter sido planejada já que os suspeitos arrancaram as câmeras de segurança antes de atirar contra o policial.

Natural de Lages, na Serra catarinense, ele morava a poucos metros de onde ocorreu o crime. Até o momento não há informações sobre os envolvidos no crime.

#assassinato, #Carlos Amarildo Vieira, #policial da reserva, home_destaque