Ministério Público afasta Kátia Smielevski do cargo de secretaria geral de Criciúma

Essa é a segunda vez que servidora municipal é afastada em menos de dois meses

A servidora municipal de Criciúma, Kátia Smielevski, foi novamente afastada de seu cargo pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). O primeiro afastamento aconteceu no final do mês de novembro de 2020, já o segundo afastamento foi registrado nesta sexta-feira, dia 22, menos de dois meses após o primeiro.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Unesc Tablet

Para o MPSC, a servidora que primeiramente foi afastada enquanto exercia o cargo de secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana de Criciúma, não poderia ter sido nomeada para o atual cargo, de secretaria geral, por já ter sido afastada através de liminar decorrente de envolvimento em ação penal.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.