Família pede ajuda para custear tratamento do soldado Esmeraldino

O Policial Militar foi baleado em confronto com bandidos no assalto ao Banco do Brasil, dia 30 novembro

Uma vaquinha online foi criada por amigos e familiares para ajudar no tratamento do policial militar Jefferson Luiz Esmeraldino, de 32 anos. O profissional foi baleado no dia 30 de novembro, em confronto com bandidos no assalto ao Banco do Brasil, em Criciúma.

O soldado ganhou alta no dia 5 de fevereiro após 65 dias internado no Hospital São João Batista. O tratamento continua em casa. Atualmente, seu estado de saúde apresenta melhoras, conforme nota da Policia Militar emitida no dia 17 de fevereiro.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Atualmente, os custos com o tratamento, que passou a ser realizado em casa, com diversos profissionais para auxiliar na recuperação do militar, que ainda segue acamado em um quarto hospitalar montado no local.

Os gastos são altos e, embora o tratamento seja custeado pelo Estado e outros ressarcidos posteriormente, existem diversas outras despesas para auxiliar sua recuperação.

A família gasta cerca de R$ 10 mil/mês com todos os gastos. Para atingir o valor necessário para o tratamento, uma Vakinha virtual foi criada. As doações para ajudar Esmeraldino podem ser feitar por meio deste link .

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.