[VÍDEO] Narrador de Criciúma fala sobre a repercussão do “PQP” Brasil a fora

Em entrevista na tarde desta sexta-feira, 01, ao Portal Litoral Sul, o jornalista e narrador esportivo, Mateus Mastella, conta sobre os minutos de fama que teve durante a partida entre Criciúma e Figueirense, no último sábado, 26, no Estádio Orlando Scarpelli.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Mastella se irritou ao ver o Tigre sofrer um gol, e soltou um palavrão durante a transmissão ao vivo. “Pra mim tinha sido mais uma narração normal. Fiz o jogo sábado, depois o pós-jogo, desligamos os equipamentos e viemos embora. No outro dia é que vi o meu vídeo espalhado pelas redes sociais. E pensei: – Meu Deus do céu o que está acontecendo”, contou ele, entre risos.

Foi no domingo, durante a narração do Clássico da Polenta, em Caravaggio, que Mastella começou a realmente a sentir de perto a reação das pessoas. “Muitos foram até a cabine onde eu estava para me parabenizar e dizer que eu representei a torcida. Eu cumprimentava meio assustado, ainda sem entender ao certo o que estava acontecendo”.

Vídeo viralizou

Ainda no domingo, a cada minuto ele recebia uma notificação via whatsapp. “Fiquei até uma hora da manhã, respondendo mensagens. E também deixei um recado sobre o assunto em meu facebook. Não por ter recebido alguma retaliação, mas já antevendo caso alguém tenha se ofendido. Pois reconheço que passei dos limites. E realmente não foi nada programado”, confessa Mastella.

A repercussão foi tamanha que o vídeo viralizou e foi assunto também na imprensa esportiva nacional. Sites e programas esportivos como o Portal UOL, Sport TV, Fox Esportes, a Rádio Gaúcha, sem contar que o vídeo foi compartilhado por Tom Cavalcanti, pelo humorista Carioca, Celso Portiolli, Antonio Tabet da Porta dos Fundos e outros. “Até hoje ainda andando pelas ruas sou reconhecido, alguém me aborda, comenta alguma coisa. É muito legal”, revela ele.

E para o jogo deste sábado,02, às 19 horas, contra o São Bento, o que esperar de Mateus Mastella? Ele diz que não vai xingar e muito menos falar. “Provavelmente só irei vibrar bastante quando o time fizer gol”, finaliza ele.

#Criciúma, Criciúma EC, Criciúma Esporte Clube, esporte, futebol, tigre