Filme aborda trabalho da Marion na região carbonífera

Curta-metragem produzido pelo Polo de Cinema de Criciúma deve estrear em maio

Foi gravado no último final de semana, o curta-metragem Marion, galos e passarinhos. O projeto, desenvolvido pelo Polo de Cinema de Criciúma e viabilizado pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, deve estrear no início de maio deste ano.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

O filme aborda de modo ficcional o ambiente em que viviam os trabalhadores das minas durante a década de 1980, focando principalmente a chegada da Dragline Marion 7.800. A máquina veio dos Estados Unidos e esteve em operação em Treviso, Urussanga e Siderópolis até o início da década de 1990, quando foi desmontada e levada para São Mateus do Sul (PR), onde está até hoje. Parte da equipe do curta foi até a cidade paranaense para realizar a gravação de cenas em que a máquina aparece.

Responsável pela história do curta, o cineasta Sander Hahn menciona que o filme era um projeto antigo e agora está virando realidade. “Fazer Marion me deixou muito feliz. É um velho projeto acalentado por anos. Ele resgata a história do trabalho da máquina na região carbonífera e também relembra a minha formação de geólogo. É um filme com diversos elementos agregados, como o importante trabalho na mineração do carvão da região e a amizade entre os mineiros. Além de retratar uma cultura da época, as brigas de galos e a criação de passarinhos”, conta Hahn.

Contribuíram com o roteiro do filme Leandro De Bona Dias e Marcello Zapelini da Rosa, que também atuam no curta. O audiovisual ainda tem no elenco: Ederson da Silva, Mahmud Umar, João Luís Scarduelli, Antônio Farias Pereira, Sindy Serafim e Jade Mendes Benucci. A equipe técnica do curta é composta por Diego Canarin, diretor de fotografia; Zé Carlos S. Jr, captação de som; Arisson Nunes, diretor de arte; Day Ribeiro, maquiadora; Vitor Vieira, Logger; e Orlando Raimundo, na maquinária e iluminação.

Além da verba de patrocínio do edital, o curta teve apoio de alguns colaboradores, que serão mencionados nos créditos do filme.

O professor que sabia demais

O Polo de Cinema de Criciúma também finalizou recentemente a gravação do curta-metragem “O professor que sabia demais”. O filme conta a história de um professor de História aposentado que, após notar o comportamento estranho num apartamento do prédio ao lado do seu, começa a suspeitar de que o morador, um senhor de idade, está planejando um atentado terrorista. O curta, com duração de cerca de 20 minutos, tem previsão de lançamento para o próximo mês maio.

Filmes do Polo de Cinema de Criciúma no YouTube

Parte do trabalho produzidos pelo Polo de Cinema de Criciúma pode ser acessados no YouTube. No canal estão disponíveis os curtas: Cenas de um casamento; Domingos Bugreiro; Escolhedeiras, Ela; Era uma vez fitas, DVDs e blurays; e O empresário do ano.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.