Dupla passa de vítima de roubo de automóveis a suspeita por falsa comunicação de crimes

Na realização de duas investigações de roubos de veículos registrados no mês de abril deste ano, pela Divisão de Repressão a Roubos (DRR/DIC) da Polícia Civil em Criciúma, coordenada pela Delegado Yuri Miqueluzzi, foram verificadas inconsistências nos relatos das vítimas e constatação de que os roubos não tinham ocorrido.

O inquérito foi concluído nesta segunda-feira, 27, e indicou que as supostas vítimas, dois homens, sendo um de 42 e outro de 22 anos passaram a investigados, sendo indiciados pelo delito de comunicação falsa de crime. Em um dos casos, foi relatado o roubo de um automóvel no bairro Pinheirinho, por homens armados.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

No outro inquérito, foi comunicado também um roubo de automóvel no bairro Verdinho. No decorrer das investigações, foi constatada a falta de veracidade dos fatos criminosos. Ao final, ambos suspeitos confessaram o falso roubo.

Caso comprovada a intenção de recebimento de valores indevidos referentes a indenização ou seguro, a pena pode chegar a 5 anos de reclusão.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.