Comissão delibera a indicação de Ascari para o TC

Uma comissão especial formada por sete parlamentares estaduais deliberou, sobre a indicação do deputado José Nei Ascari para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE-SC). A escolha será submetida ao Plenário da Alesc, na forma de um projeto de decreto legislativo, que deverá ser votado na sessão ordinária desta quarta-feira, 8. Se o projeto for aprovado, o deputado deverá renunciar ao mandato parlamentar para assumir a vaga de conselheiro.

A indicação partiu do governador Raimundo Colombo (PSD) a uma das três vagas de conselheiro do tribunal à qual a escolha cabe ao Poder Executivo. Se o plenário aprovar o nome de José Nei, ele vai ocupar a vaga que é do conselheiro e ex-deputado estadual Júlio Garcia, que pediu sua aposentadoria do TCE.

A escolha do deputado do PSD foi comunicada oficialmente ainda nesta terça-feira, 7 por meio do ofício 701/2017, encaminhado pelo governador à Assembleia. Como determina a Constituição Estadual, o nome do indicado precisa ser aprovado pelo Parlamento.

A comissão especial criada para analisar a indicação de José Nei, presidida pelo deputado Romildo Titon (PMDB) e sob a relatoria do deputado Mauro de Nadal (PSD), fez uma arguição pública com o parlamentar ainda na tarde desta terça. Na reunião, ele entregou todos os documentos exigidos para o posto no TCE, incluindo o pedido de desfiliação partidária feito ao PSD.

“Recebi com muita alegria a indicação do governador para ocupar essa importante vaga”, disse José Nei. “Tenho uma experiência de 25 anos na vida pública, como prefeito, deputado, chefe de gabinete da Presidência da Assembleia e secretário de Estado da Administração, o que vai me auxiliar muito nesse novo desafio, que encaro com muita responsabilidade.”

A indicação de José Nei foi elogiada pelos deputados membros da comissão especial. Milton Hobus (PSD), Natalino Lázare (PR), Dóia Guglielmi (PSDB), Romildo Titon e Mauro de Nadal destacaram que a Assembleia “vai perder um excelente deputado, mas o TCE passará a contar com um grande conselheiro.”

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.