13 pessoas são indiciadas por falsificação de produtos de limpeza

Policia Civil de Orleans concluiu inquérito da operação “Falso Rinso”

A Policia Civil concluiu o inquérito da operação “Falso Rinso” e indiciou 13 criminosos por suspeita de falsificar e revender produtos de limpeza, em Orleans. Também foram acusados pelos crimes contra as relações de consumo e contra registro de marcas.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

A conclusão do inquérito foi da Delegacia de Polícia da Comarca de Orleans. Segundo o Delegado de Polícia, Ulisses Gabriel, a investigação apurou que a produção semanal era de 22 caixas com 20 pacotes de um quilo cada. Com isso, estima-se que produziram cerca de 11 toneladas de produtos falsificados nos últimos meses.

A Polícia Civil solicitou à Justiça a doação do material para entidades beneficentes. Foram apreendidos 17 celulares, dois notebooks, um tablet, dois computadores, caixas com lâminas de barbear, 767 caixas de sabão em pó, caixas vazias impressas com a marca, documentos diversos, um torrão de maconha e 50 kg de sabão em pó.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.