Vacina da Pfizer contra Covid-19 recebe registro definitivo no Brasil

Vale lembrar, que o Brasil ainda não possui doses da vacina da Pfizer garantidas para uso por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI)

A primeira vacina contra a Covid-19 a receber um registro definitivo no Brasil é a da farmacêutica americana Pfizer, em parceria com o laboratório alemão BioNTech. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 23, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em comunicado assinado pelo diretor-presidente da agência, Antonio Barra Torres.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Em comunicado assinado pelo diretor-presidente da instituição, o almirante Antônio Barra Torres, a agência afirmou que a vacina da Pfizer teve a segurança, qualidade e eficácia “aferidas e atestadas pela equipe técnica de servidores da Anvisa”. A agência havia recebido o pedido para registro definitivo da vacina no último dia 6 de fevereiro.

Vale lembrar, no entanto, que o Brasil ainda não possui doses da vacina da Pfizer garantidas para uso por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI).

O país usa por enquanto as vacinas CoronaVac (produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac) e Oxford/Astrazeneca (produzida pela universidade e farmacêutica britânicas, em parceria local com a Fundação Oswaldo Cruz, ou Fiocruz). As duas receberam a aprovação da Anvisa para uso emergencial, não para registro definitivo.

Confira abaixo a nota, na íntegra, da Anvisa sobre o registro definitivo da vacina da Pfizer:

“Informe à população brasileira:

Como Diretor-Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, informo com grande satisfação que, após um período de análise de dezessete dias, a Gerência Geral de Medicamentos, da Segunda Diretoria, concedeu o primeiro registro de vacina contra a Covid 19, para uso amplo, nas Américas.

O imunizante do Laboratório Pfizer/Biontech teve sua segurança, qualidade e eficácia, aferidas e atestadas pela equipe técnica de servidores da Anvisa que prossegue no seu trabalho de proteger a saúde do cidadão brasileiro.

Esperamos que outras vacinas estejam em breve, sendo avaliadas e aprovadas. Esse é o nosso compromisso.”

Por infomoney.com.br/

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.