Polo de Cinema de Criciúma finaliza gravação do curta “O professor que sabia demais”

Audiovisual, dirigido por Sander Hahn, deverá ser lançado em maio deste ano

O Polo de Cinema de Criciúma finalizou recentemente a gravação do seu 12º curta-metragem: “O professor que sabia demais”. O filme conta a história de um professor de História aposentado que, após notar o comportamento estranho num apartamento do prédio ao lado do seu, começa a suspeitar de que o morador, um senhor de idade, está planejando um atentado terrorista.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

O projeto de curta-metragem, viabilizado pela Lei Aldir Blanc, é dirigido por Sander Hahn. O filme tem roteiro de Leandro de Bona Dias, Marcello Zapelini da Rosa e Sander Hahn. Atuam como protagonistas do audiovisual Zapelini, Hahn e Sindy Serafim. Ainda participam, como atores coadjuvantes, Cíntia dos Santos e Daltro Rebelo.

A equipe tem ainda Diego Canarin como diretor de fotografia, Zé Carlos S. Júnior na captação de som, Arisson Nunes como diretor de arte e Daniela Nagel como maquiadora. Também participam do projeto do filme Vitor Vieira e Orlando Raimundo.

“Fazer arte neste momento tão delicado é um desafio. Por isso, é preciso ressaltar a importância de fomento e de políticas públicas como a da Lei Aldir Blanc, que tornou possível a realização de mais um curta do nosso Polo de Cinema de Criciúma”, destaca Leandro de Bona.

O curta, com duração de cerca de 20 minutos, tem como previsão de lançamento o início do mês de maio deste ano. “Professor é um filme que gosto muito e tem muito para agradar ao público. A trama é amarrada a políticas passadas. Mas, atual por seu tema fervilhando no mundo inteiro. Ela traz ainda uma linda homenagem ao mestre Hitchcock e um final com reviravoltas de tirar o fôlego”, conta Sander Hahn.

Apoio ao cinema local

O Polo de Cinema de Criciúma contou com o apoio dos seguintes parceiros na produção do filme “O professor que sabia demais”: Foto Zappelini, Fábrica de Costela, Doce Gosto, Rover Pizzaria, Estação Lanches, Casa da Pizza, Chico Pizza, Mafra e Fátima Frango Assado, Ana Maria Restaurante e Café Colonial, Padaria Pão Quente, Nei Frangos, Colle Tourist Hotel e Hotel Zata.

O curta contou também com o patrocínio de amigos e entusiastas do cinema, o que foi fundamental para complementar a verba oriunda do edital e permitir a finalização do projeto. Todos esses nomes serão citados nos créditos do filme.

Mais informações sobre o trabalho realizado pelo Polo de Cinema de Criciúma estão disponíveis no site, canal do YouTube e no Instagram.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.