Pedido de permanência da JBS em Morro Grande é negado

O fechamento da unidade da JBS em Morro Grande motivou mais uma reunião na manhã desta quarta-feira, 13 desta vez na Prefeitura de Forquilhinha. O diretor administrativo da JBS Ivo Dreher fez uma exposição dos motivos do fechamento, e ouviu do prefeito de Morro Grande e do presidente da Amrec Ademir Magagnin, o pedido de mais 60 dias de permanência no município. A demanda foi negada, uma vez que já foram feitos os ajustes para o fechamento em outubro.

De novidade no assunto, apenas a disposição da JBS em receber interessados para a compra da planta da unidade de Morro Grande. Ainda na tarde de hoje, uma empresa do oeste de Santa Catarina deve visitar a unidade naquele município. O prefeito de Morro Grande Valdionir Rocha afirmou que há outros interessados na compra da estrutura.

Participaram além do prefeito de Morro Grande, os prefeitos de Forquilhinha Dimas Kammer, Nova Veneza Rogerio Frigo, Siderópolis Hélio Cesa, Criciúma Clésio Salvaro e Cocal do Sul Ademir Magagnin, presidente da Amrec.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.