Morre homem que teve corpo queimado pela companheira em Santa Rosa do Sul

Vanderlei Tomaz Roldão, 50 anos, que teve parte do corpo queimado por sua companheira, morreu ao meio dia de ontem, 21, no Hospital Regional de Araranguá. O crime aconteceu no dia 14 deste mês, na Vila São Cristóvão em Santa Rosa do Sul. Ele estava no internado há seis dias no hospital e não resistiu as múltiplas queimaduras no pescoço causadas por álcool jogado sobre seu corpo após uma briga.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

 Segundo informações, a Polícia Militar teria ido até a residência do casal para atender uma ocorrência de violência doméstica. Chegando ao local, conversou com o homem, ele relatou à PM que sua companheira havia saído de casa antes da chegada da guarnição policial. Vanderlei autorizou a entrada dos policiais em sua casa e nada foi encontrado.

No dia ao crime, a PM chegou a ser acionada três vezes na mesma residência. Segundo a mulher, ele agrediu sua filha de 15 anos e contra ele havia uma Medida Protetiva. Na casa, estavam cinco crianças, que ficaram aos cuidados do Conselho Tutelar.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.