Feijoada do Marco Véio é a opção do próximo domingo

Colaborar com a manutenção do projeto desenvolvido pela Casa de Acolhida (que abriga pessoas que estão com familiares internados em UTI’s dos hospitais de Criciúma), por meio de uma feijoada de cunho beneficente. Esta é a ideia de Marcos Ricardo Cândido Júnior, ao realizar quarta edição da Feijoada do Marco Véio, no próximo domingo, dia 8, ao meio dia, no centro comunitário de Linha Anta.

Marcos revela que sua iniciativa em ajudar a entidade surgiu após a doença de seu pai e sua avó. “Eles tiveram câncer e a partir de então, passei a entender como é o sofrimento das pessoas que possuem esta doença. A feijoada é uma forma de ajudar nas despesas da casa. Procurei entidades que faziam este tipo de trabalho, que não deram importância para a minha ajuda até que conheci os voluntários da Casa da Acolhida que abraçaram a ideia”, conta ele.

No ano passado foi repassado para a Casa da Acolhida o valor de R$1400,00, e conforme o coordenador da Casa, Adilson da Silva, o valor foi utilizado para a manutenção da casa. “Nossas despesas chegam a R$4 mil mês, sobrevivemos de doações que sempre são bem-vindas”, diz ele.

O prato principal será acompanhado por arroz branco e saladas e será feito pelo chef Felipe. As pulseiras estão sendo comercializadas por R$20,00, e podem ser adquiridas no dia. Mais informações pelo telefone (048) 9152-9405

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.