Estudante acompanha concurso de beleza Afro, divulga fotos com mensagens racistas e caso vai parar na delegacia

A presidente da Pastoral Afro Chico Rosa de Içara, Nadir da Rosa, a Ika, compareceu à delegacia de polícia, na tarde desta sexta-feira, 17, para registrar queixa contra fotos racistas do evento promovido pelo Movimento Negro, na noite de ontem, 16, durante a escolha da Mais Bela Negra, no auditório São Donato.

Presidente da Pastoral, Nadir da Rosa, fez registro de BO

Os registros foram feitos por um estudante de um colégio estadual de Içara que estava no local. “Eu espero que aconteça justiça. É crime, e ele precisa pagar pelo que fez”, disse Ika em tom de desabafo.

Nas fotos, o aluno se refere ao prefeito de Içara, Murialdo Canto Gastaldon como pedófilo e cita o evento como leilão de escravos. “Como estamos longe do respeito”, lamentou, o prefeito e garantiu que atitudes serão tomadas. Murialdo  também informou que solicitou ao Procurador do Município, Walterney Angelo Réus que registrasse boletim de ocorrência.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.