Confira os horários das celebrações com bênção e imposição das cinzas

A Campanha da Fraternidade, que inicia todos os anos na Quarta-Feira de Cinzas, por iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), traz à tona, neste ano, o tema “Fraternidade e Superação da Violência” e o lema “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8).

Os números da violência no país são alarmantes, com um índice de crescimento de 592%, de 2003 a 2016, quando o Brasil encerrou o ano com 59 mil homicídios. “São números que superam a Europa inteira, os Estados Unidos e a China juntos. O Brasil mata mais que os países em guerra. A comparação é por 100 mil habitantes. Fora os desaparecidos que foram assassinados e as mortes que não foram esclarecidas e não entraram para essa estatística. Os Estados Unidos têm uma população de 305 milhões de habitantes, 100 milhões a mais que o Brasil e sabem quantos homicídios os EUA fecharam o ano de 2016? 12.900 homicídios por ano”, destacou o delegado de polícia Márcio Campos Neves

De acordo com ele, entre as estatísticas do Estado de Santa Catarina, o maior índice de homicídios ocorre no mês de fevereiro, época das festas de carnaval. A maioria dos homicídios ocorre nos finais de semana e 59% deles no período noturno e com arma de fogo. O local, geralmente em via pública e quando as mulheres são vítimas, dentro de casa. A maior motivação dos crimes tem origem no tráfico de drogas. Segundo o delegado, são os homens que mais matam, somando 95% das estatísticas, com uma faixa etária que concentra de 18 a 24 anos de idade e são também os que mais morrem, totalizando 88% dos casos, com idade entre 35 e 59 anos. As mulheres ocupam o percentual de 11% entre as vítimas.

O bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Inacio Flach, analisa que deve haver uma consciência e mudança individual e coletiva no que tange à cultura da violência e acredita que esta CF dará frutos como muitas outras campanhas que já mudaram realidades ao longo do Brasil. “A CF nos lembra que devemos superar a violência e promover a paz. Isto, com certeza, é um trabalho muito árduo, muito longo, mas nós, como cristãos, cremos nisso. Senão, estaríamos vivendo para que, se não soubéssemos confiar na graça de Deus? Ele é o Príncipe da Paz, aquele que traz paz aos corações e nós, como seus discípulos, queremos fazer isto em nossas comunidades. Sabemos que Santa Catarina não é uma das regiões mais violentas, mas cremos que nosso Estado poderá ser diferente se houver uma consciência coletiva onde entram os poderes públicos, a Igreja, as entidades, com trabalho especialmente nas escolas e nas famílias”, destaca o bispo.

Celebrações de Cinzas abrem a CF e conclamam à conversão

A Quarta-Feira de Cinzas é o dia em que a Igreja dá início ao período quaresmal, em preparação à Páscoa do Senhor. Um tempo, conforme o bispo, que precisa ser bem vivido, em preparação à festa da Ressurreição. “A imposição das cinzas lembra que nós devemos fazer penitência. Aquele que impõe as cinzas, diz: ‘Converta-te e crede no Evangelho’. Esta é a nossa missão maior: crer no Evangelho, pois ali está toda a luz, toda a inspiração. Mas para deixar que esta luz chegue a nossa vida, precisamos nos converter – para a vida, para a acolhida, para o diferente, para promover a paz – este é o nosso grande trabalho. E como fazemos isso? A Quaresma nos propõe oração, penitência, jejum e caridade, amor ao próximo e participar das celebrações, sejam elas eucarísticas ou nos grupos bíblicos em família, em todos os momentos que a Igreja nos propõe. Ali, pegamos força para que essa conversão possa, realmente, acontecer, pouco a pouco, na vida de todos nós. Não se trata só de receber as cinzas, mas do que elas significam e remetem para a nossa missão. São 40 dias especiais e sagrados para que possamos celebrar, com mais alegria, a Ressurreição de Cristo que acontece na vida de cada pessoa”, frisa o epíscopo.

Horários das celebrações 

Paróquia Nossa Senhora da Salete – Criciúma

08h: Matriz

19h30min: Matriz

19h30min: Vila Rica

 

Paróquia Nossa Senhora das Graças – Criciúma

19h30min: Comunidades

 

Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Criciúma

07h30min: Matriz

19h30min: Matriz

20h: Mina União

20h: Vila Manaus

20h: Santa Luzia

20h: Nova Esperança

20h: São Sebastião

20h: Loteamento Cechinel

20h: Jardim Montevideo

 

Paróquia Santa Bárbara – Criciúma

08h: Matriz

19h30min: Matriz

20h: Mina do Toco

20h: Mina do Mato

20h: Naspolini

20h: Maria Céu

20h: Vila Zuleima

20h: Operária Nova

20h: Mãe Peregrina

 

Paróquia Santo Agostinho – Criciúma

08h: Rio Maina

19h30min: Metropol

19h30min: Rio Maina

Paróquia São José – Criciúma

07h30min: Catedral

15h: Catedral

18h30min: São Cristóvão

18h30min: Mina Brasil

19h: Santa Catarina

20h: Catedral

20h: São Simão

 

Paróquia São Miguel Arcanjo – Içara

07h: Matriz

20h: Matriz

20h: Comunidades

 

Paróquia São Paulo Apóstolo – Criciúma

19h: Matriz

19h: Primeira Linha

20h30min: Morro Estevão

 

Santuário Sagrado Coração Misericordioso de Jesus – Içara

19h30min: Santuário

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.