E o mato alto continua …

 A falta de manutenção em áreas de lazer e parques infantis, acaba se tornando um perigo para criançada e para os moradores vizinhos. Um exemplo disto, é a praça da Matriz Santa Bárbara, onde o mato impede o acesso a alguns brinquedos. O morador Fernando Gonçalves Cardoso, levou a filha Larissa para brincar na manhã da última segunda-feira, 29, mas devido à falta de manutenção ficou um pouco com a filha no balanço, lamentou de o local estar nestas condições e foi embora.

“Costumo trazer ela aqui, até por ser perto de casa, mas ultimamente está complicado. Esse mato alto não anima até porque pode ter aranha, formigas e outros insetos. O interessante é que para deixar aqui tudo limpo, não é preciso muito investimento, basta cortar o mato”, fala indignado.

Na comunidade Santa Augusta, na segunda-feira pela manhã, funcionários terceirizados da Prefeitura de Criciúma, faziam a limpeza da praça ao lado da igreja católica, onde segundo um morador que acompanhava o trabalho, a solicitação para a realização do serviço já era desde o final do ano passado.

Terreno baldio já foi campo de futebol

Já no Loteamento Moscou, no bairro Cidade Mineira Nova, uma área verde, na Rua Pedro Bernardino Duarte, onde era para ser um campo de futebol, virou depósito de lixo e espaço para o mato crescer. “Está um total abandonado e assim as crianças ficam sem espaço para brincar. Na verdade, aqui são dois terrenos de propriedade da prefeitura, já pedimos a construção de uma área de lazer, mas não fomos atendidos e por fim, fica o lugar assim, sem ser aproveitado para nada”, reclama a dona de casa, Patrícia de Jesus Dias, que reside na comunidade há 13 anos. “Se fosse colocado pelo menos um caminhão com areia, daria uma amenizada na situação “, completa um outro morador.

Contraponto

Entrevistada pelo Portal Litoral Sul, a secretária de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski, informou que existe várias equipes que promovem a limpeza de parques e praças da cidade. Segundo ela, são 72 profissionais contratados que atuam por meio de um cronograma para realizar a manutenção dos locais. “Temos também 96 espaços públicos adotados por empresas que nos auxiliam para deixar parques e praças sempre limpos”, comentou.

Já com relação aos terrenos baldios, não existe uma equipe específica para fazer a manutenção, a secretária ainda comentou que não tinha conhecimento sobre a situação no Loteamento Moscou, mas que providências serão tomadas para a realização da limpeza.

 

 

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.