Árvores nativas são plantadas às margens do Rio Criciúma

Alunos do 4º ano da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental, Acácio Alfredo Villain, acompanhados de soldados do 28º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC), realizaram o plantio de 30 mudas de árvores nativas nas margens do Rio Criciúma, no bairro Jardim Montevidéu. A ação foi realizada em alusão ao Dia Mundial da Água. A iniciativa é direcionada à população com o objetivo de gerar conscientização sobre a importância de preservar os ecossistemas existentes.

Para os estudantes, foi mais que uma atividade fora da sala de aula, foi uma lição que não será esquecida. “Achei muito legal. Minhas mãos até ficaram sujas de plantar essas árvores. Agora sei que devemos cuidar melhor do meio ambiente”, conta a aluna, Giovana Millioli.

De acordo com a presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato, o desenvolvimento de projetos ambientais como esse ajuda a formar cidadãos desde cedo. “Parcerias como essa são de fundamental importância para a ampliação da educação ambiental dentro do município. Queremos destacar a importância da água para a sociedade, um bem que vem sendo degradado. Mostrar sua relevância é apenas uma pequena contribuição que podemos dar ao futuro dessas crianças”, explica.

Nesta quinta-feira, 22, a Famcri, com os parceiros do evento, estará na Praça Nereu Ramos, no centro de Criciúma, até às 17h, promovendo atividades relacionadas ao Dia Mundial da Água. Serão atrações para toda a comunidade, desde teatro de fantoches à exposição de maquetes do projeto de recursos hídricos.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.