[VÍDEO] Presidente da Fecam visita Amrec e busca proximidade com prefeitos

Clenilton Pereira visitou Criciúma nesta quinta-feira, dia 15

O presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e prefeito do município de Araquari, Clenilton Pereira, visitou Criciúma nesta quinta-feira, dia 15. Ele e sua equipe estiveram reunidos com os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) com a intenção de ouvir as demandas da região e trocar experiências.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Clenilton assumiu a presidência da Fecam em janeiro deste ano e está visitando as associações de municípios de Santa Catarina para conhecer e ouvir a demanda dos prefeitos. Para ele, proporcionar a integração das estratégias regionais é essencial para o crescimento de Santa Catarina. “Muitos prefeitos do Estado não conhecem a Fecam. Temos muitas cases de sucesso na região e precisamos trocar as informações, as boas práticas”, ressalta Pereira.

Fomentar o turismo e movimentar a economia do Estado é um dos projetos que está sendo colocado em prática pelo presidente. “Criamos o projeto Bela Catarina e vamos iniciar por Orleans, com a Pedra Furada. Vamos fazer uma matéria com o turismo de Santa Catarina, mostrando o que tem de bonito, pra gente replicar isso. Muitas pessoas viajam para fora do Brasil, mas não vem em Orleans conhecer a Pedra furada, ver coisas bonitas e movimentar o Estado” explica.

Parcerias

Na visita o presidente trouxe a informação de uma futura parceria com a Superintendência do Patrimônio da União (SPU/SC). Por meio de convênio, a intenção é realizar um treinamento de um servidor por município para levantar o patrimônio da União, nos municípios catarinenses.

Tendo em vista que o desligamento das antenas de sinal analógico de TV deve acontecer no final deste ano, o presidente firmou uma parceria com a Seja Digital para implantar o sinal digital em todos os municípios de Santa Catarina. Segundo Clenilton, 118 cidades ainda possuem sinal analógico, ou seja, 40% do Estado. “A Fecam fechou essa parceria com a Seja e Santa Catarina vai ser 100% digital. Isso é qualidade de vida. Daqui a pouco vai ser desligado o sinal analógico, e se não fizer isso o cidadão não tem como assistir. Precisamos evoluir”, enaltece.

Um ano de mandato

O Conselho Executivo da Fecam possui mandato de um ano, podendo ser reeleito para os mesmos cargos por mais um. O presidente, que assumiu em janeiro deste ano, relata que irá cumprir apenas um ano no cargo. Para ele, essa mudança de presidência é importante, para que haja renovação.

“Quero me dedicar mais para a minha cidade. Aprendi que o que vale não é o tempo que tu faz, e sim como tu faz. Eu tenho procurado fazer o melhor e prefiro sair e deixar um gostinho de quero mais do que sair dizendo graças a Deus foi embora. Então, neste período, queremos implantar uma filosofia de trabalho, e quem vier depois, faça o mesmo”, explica.

Clenilton defende a ideia que ex-prefeitos devem assumir a presidência da Fecam. “Precisamos mudar o estatuto. O prefeito precisa cuidar da sua cidade. Ter uma dedicação integral é muito melhor. A maioria dos estados do Brasil é assim, Santa Catarina está atrasada neste processo”, explica Pereira.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.