Presidente do Siserp diz que irá recorrer da decisão que suspende a eleição para diretores

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Criciúma e Região (Siserp), Jucélia Vargas, diz que o sindicato irá recorrer da decisão desta tarde, 17, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), que suspendeu o art. 121 da Lei Orgânica do Município de Criciúma, que prevê, a escolha dos diretores das escolas municipais por meio de eleição direta.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

 “Vamos tentar fazer tudo o que estiver em nosso alcance tanto na área jurídica, como também, na política”, diz. Ainda segundo Jucélia, a maior tarefa agora é dos pais e comunidade. “Eles sabem os diretores que tem e não irão aceitar com facilidade que o governo troque”, acredita.

Jucélia lembra de uma greve da categoria em 1989, quando foram destituídos diretores de escolas e coordenadores pedagógicos. “O prefeito proibiu quem fez greve se candidatar. Foram colocados outros profissionais nos lugares, mas demos a volta por cima. Tentaram colocar outros diretores nas escolas, mas não deu certo. Nos organizamos, mobilizamos e agora não será diferente”, garante.

Entenda o caso

Justiça concede liminar que suspende a eleição dos diretores das escolas municipais

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.