Educação conectada

Utilizar tecnologias digitais em sala de aula, promovendo um maior interesse dos alunos e, como consequência, melhores resultados educacionais. Foi com esta proposta, que a Prefeitura de Criciúma, firmou a parceria com Instituto NET Claro Embratel e será beneficiada em até 20 dias, com internet e TV a cabo sem custo, para escolas públicas do município, utilizadas para fins pedagógicos. Dentro dessa parceria também entra o Instituto Crescer de São Paulo (SP), que irá proporcionar momentos de formação para os professores, sobre como utilizar as ferramentas tecnológicas para o uso pedagógico. Trata-se do projeto Educonexão que foi apresentado na manhã de hoje, no auditório do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) de Criciúma.

“Inicialmente 17 escolas do município estarão inseridas, mas assim que a área cabeada pela NET for expandindo, outras unidades de ensino também serão beneficiadas. Nossos alunos estão envolvidos pelo mundo digital e os professores também precisam se adaptar a essas novas tecnologias para oferecer uma educação de qualidade”, considera a secretária de educação de Criciúma, Roseli De Lucca.

Para que tudo saia dentro do planejado, 72 professores serão treinados com uma capacitação que irá totalizar 80 horas (quatro etapas de formação), com a expectativa de serem multiplicadores desse processo. Hoje já aconteceu a aula inaugural com a diretora técnica do Instituto Crescer, Luciana Allan.   “Trouxe para os professores uma ideia geral sobre o projeto, falamos sobre as novas tecnologias, o perfil desses alunos que hoje estão nas escolas, que oportunidade eles terão no futuro com relação ao mercado de trabalho e como a sociedade está organizada para entender que tipo de educação precisamos oferecer. Foi um momento de sensibilização e entendimento sobre toda a estratégia que vamos desenvolver em busca de uma educação de qualidade”, comentou Luciana.

Criciúma é o quarto município de SC a ter o Educonexão

O projeto existe há cinco anos, no Brasil são 78 escolas envolvidas e em Santa Catarina, Criciúma é o quarto município a ser beneficiado pelo projeto. “Dentro de nosso lema- Construir um amanhã gigante, o Instituto atua com três pilares: educação, cidadania e cultura, então todos os nossos projetos estão em torno desses temas. O Educonexão possui uma ampla abrangência nacional, pelo impacto social que ele gera e está extremamente ligada a educação que está dentro da escola”, a coordenadora de projetos do Instituto Claro Net Embratel, Patrícia Sanches.  Para o gerente da NET Claro Embratel de Criciúma, Edmir Martins Fagundes, a proposta trará uma maior integração e inclusão social no município. “A prefeitura junto com a Secretaria de Educação abraçaram o projeto. Trata-se de uma excelente oportunidade de estarmos mais próximos de nossa comunidade e proporcionar esse projeto social que ajuda a inclusão”, finaliza.

 

 

 

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.