Ventos chegam a 70 km/h e causam estragos em Criciúma

Foram registradas quedas de árvores, destelhamento, obstrução de via pública e resgate de pessoa em situação de vulnerabilidade social

A Defesa Civil de Criciúma atendeu cerca de 10 ocorrências causadas pelas fortes rajadas de ventos que atingiram a região na manhã desta terça-feira, dia 14. A intensidade chegou a 70 Km/h. Foram registradas quedas de árvores, destelhamento, obstrução de via pública e resgate de pessoa em situação de vulnerabilidade social. As ocorrências aconteceram nos bairros Centro, Primeira Linha, Santa Barbara, Sangão, Santa Luzia, Comerciário, Próspera e Argentina.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Com as quedas de árvores, algumas ruas chegaram a ficar interditadas até o órgão concluir os trabalhos de retirada. A Defesa Civil acionou o Serviço Social do município para encaminhar um jovem, de 19 anos, que estava em situação de vulnerabilidade, para a Casa de Passagem. Não foram registrados ocorrências de pessoas desalojadas ou vítimas. “Trabalhamos com duas equipes na rua e seis agentes. Conseguimos atender todos sem deixar nenhuma ocorrência para trás”, relata o diretor da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), Fred Gomes.

 

Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil
Foto: Defesa Civil
Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.