Morre em Fortaleza, ex-treinador do Criciúma

Morreu neste domingo, 7, vítima de complicações cardíacas decorrentes de um (AVC), o ex-jogador e treinador de futebol Lula Pereira. O profissional de 64 anos, marcou época no futebol cearense com passagens e títulos marcantes pelos principais clubes cearenses, principalmente pelo Ceará Sporting Club, equipe por onde atuou e dirigiu por várias oportunidades.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Também comandou o Criciúma entre 1996 e 1997. Pelas redes sociais o clube lamentou o falecimento.

O treinador teve uma vida dedicada ao esporte. Natural de Olinda (PE), iniciou a carreira no futebol pernambucano na década de 1970, com passagens como zagueiro pelo Sport e pelo Santa Cruz. Como jogador, aposentou-se dos gramados em 1980, no Ceará, onde se consagrou. Anos mais tarde, em 1990, conquistaria o bicampeonato cearense já como treinador do Vovô, e é considerado até hoje como um dos maiores ídolos da história do clube. Lula Pereira foi apresentado em 2002 como técnico do Flamengo. Com passagens pelo Ceará, Botafogo-SP, Portuguesa e América-MG, Lula Pereira chegou à Gávea com discurso conciliador e consciente dos problemas iria enfrentar.

Em 2019, Lula Pereira foi internado no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) após sofrer AVC. Com mais de 30 anos de carreira como técnico, estava sem clube desde 2012, quando treinou o Ceará pela quinta vez, e afastado totalmente do futebol desde 2016, quando foi diretor técnico do Ferroviário.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.