Dia de decisão no Heriberto Hulse

O Criciúma tem um desafio importante nesta quarta-feira, 21. A partir das 20h30, no estádio Heriberto Hülse, o Tigre recebe o Cianorte em partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil. Caso avance de fase, o clube embolsa a quantia de R$ 1,4 milhão (premiação por fase para as equipes que seguem na competição).

Uma ausência certa no Tricolor é a do atacante Lucas Coelho. Ele foi vetado pelo departamento médico e não foi relacionado para o confronto. O time deve entrar em campo com Luiz; Cristhian, Sandro, Nino e Eltinho; Barreto, Dodi (Jean Mangabeira), Wallacer e Élvis; Mailson e João Paulo.

Na tarde de ontem, 20, no Centro de Treinamento, no bairro Cristo Redentor, o técnico Grizzo comandou a última atividade antes do duelo. Além do trabalho de posicionamento, Grizzo orientou cobranças de falta para trabalhar a defesa e o ataque. A atividade foi encerrada com cobranças de pênalti, já que o regulamento da Copa do Brasil tem como desempate as penalidades.

Campeão em 1991, os carvoeiros passaram pela primeira fase após um empate contra o São Caetano, no interior de São Paulo. O gol da classificação do Tigre foi marcado pelo atacante Mailson.

 

Colaboração: Criciúma E.C.

#Criciúma, Copa do Brasil, Criciúma EC, Criciúma Esporte Clube, futebol, home_destaque, tigre