Criada a 34ª paróquia da Diocese de Criciúma

Comunidades católicas de Balneário Rincão participaram da elevação da Paróquia São Francisco de Assis, como a 34ª paróquia da Diocese de Criciúma. Criada e instalada pelo bispo diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach, tomou posse como pároco, o padre Bento Ailton Zilli, que até então exercia a função de responsável pela área pastoral de Balneário Rincão. Uma procissão com as imagens do Padroeiro e de Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira da comunidade centro, foi realizada tendo por ponto de partida o Oratório Menino Jesus de Praga, futura comunidade da paróquia.

Antes da procissão de entrada, a assembleia acolheu com devoção a imagem de Nossa Senhora sobre a embarcação, seguida pela apresentação das comunidades, com crianças vestidas como seus santos padroeiros, e pela acolhida da imagem do padroeiro São Francisco de Assis. A leitura do decreto de criação da nova paróquia foi proferida por padre Maxssuél Mendonça, pároco da Paróquia São Miguel Arcanjo, de Içara, à qual antes pertenciam as comunidades da nova paróquia, e a leitura da provisão de pároco, feita pelo Coordenador Diocesano de Pastoral, padre Joel Sávio.

A missa também foi concelebrada pelo pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, do bairro Pinheirinho (Criciúma), padre Dorival Zanette (rcj). Durante a celebração, alguns símbolos foram trazidos por lideranças leigas, como o evangeliário e a estola roxa, as chaves da igreja e também uma rede com sandálias, marcando a nova missão de padre Bento Zilli.

Segundo padre Bento, ser uma rede de comunidades alicerçada na Santíssima Trindade como modelo de comunhão e participação é o desafio que a paróquia irá perseguir. “A formação dos agentes de pastoral, os cuidados com a vivência e orientação da fé do povo e a prática da caridade serão os alicerces da nova paróquia que assumiu como prioridade uma Igreja discípula missionária iniciando pelos Grupos Bíblicos em Família”, disse ele. Ainda segundo o pároco, as estruturas físicas são necessárias, porém, neste primeiro momento, é a vida pastoral que deve se atender.

Ao final da missa, bispo e pároco foram presenteados com as imagens do padroeiro São Francisco e receberam o carinho da assembleia. Os ritos finais contaram com a tradicional bênção das velas. Após a missa, todos foram recepcionados no salão de festas para um coquetel de confraternização.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.