Câmara pede suspensão do pagamento de IPTU

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

A Câmara de Vereadores de Siderópolis, encaminhou ao prefeito em exercício, Alexandre Feltrin (MDB), nesta quinta-feira, 26, solicitação para que o município suspenda a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

De iniciativa do vereador Franqui Salvaro (PSB) e assinado por todos os vereadores, com exceção do líder do Governo, Clademir Manoel de Souza (MDB), o pedido é para que o Executivo segure a cobrança deste imposto e demais taxas, por 90 dias.

“É uma forma de contribuir para amenizar possíveis futuros problemas que, provavelmente possam ser gerados. As medidas tomadas são difíceis, mas necessárias e é claro que isso tudo só funcionará se cada um de nós de fizermos nossa parte”, destacou o vereador Franqui Salvaro (PSB).

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

No início da semana a Câmara, por iniciativa do vereador Pedro Valcir de Souza (PP), também encaminhou pedidos às empresas que fornecem energia no município, Força e Luz João Cesa e Cooperativa de Energia de Treviso – Certrel, para que se abstenham de efetivar cortes dos consumidores com fatura em atraso.

Além da sugestão de não promover os cortes, os legisladores também reivindicaram a prorrogação para pagamento das referidas faturas e o parcelamento das tarifas que terão vencimento nos meses de março e abril de 2020.

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

#Suspenso, Câmara de Siderópolis, Câmara de Vereadores, Coronavirus, IPTU, Pandemia, Política, saúde, siderópolis