Você que utiliza o transporte coletivo, tem mudança nos horários e itinerários

Os usuários do transporte coletivo de Criciúma precisam se organizar com as alterações que as linhas de ônibus vêm passando.  Há duas semanas, foi realizada a mudança em cinco linhas do eixo troncal: Amarelinho, duas da Interbairros e duas da Expresso. No último domingo, 25, a alteração foi realizada em quatro eixos: Demboski/Linha Anta, Rio Maina, Hospitais e Renascer/Ana Maria. As informações estão sendo divulgadas com sete dias de antecedência nos ônibus, terminais e por meio dos motoristas e fiscais dos Terminais Urbanos de Criciúma.

De acordo com  a engenheira civil da DTT de Criciúma, Caroline Paim ZanetteCaroline, a mudança está sendo realizada de forma gradativa para que a população se adapte às alterações. “Pedimos aos usuários que se informem e se programem. Nós não deixaremos de atender nenhuma localidade. Pode ser que o horário mude alguns minutos ou o transporte passe na rua ao lado, mas o ônibus não vai deixar de passar em nenhum lugar”, garante.

As alterações estão sendo executadas com base em estudos técnicos elaborados a partir do decreto n° 1097, de 6 de julho de 2017, que criou a Comissão de Estudos de Racionalização do Sistema de Transporte Público.Conforme Caroline, os estudos foram finalizados em novembro de 2017. Em dezembro, foi instalado o Centro de Controle Operacional (CCO) e o aplicativo Moovit, que auxilia os usuários com horários e rotas de ônibus. “A partir daí, iniciamos o trabalho de racionalização das linhas, a fim de evitar que os transportes se desloquem vazios pela cidade. Nosso sistema está direcionado para 1,5 milhão de passageiros, mas só transportamos 950 mil. A alteração é no sentido de racionalizar a oferta com a demanda. A redução está na faixa de 13%”, explica.

Segundo a engenheira, cuidados estão sendo tomados para que os usuários não sejam prejudicados. “Toda mudança está sendo realizada com base em estudos. Se algum equívoco ocorrer, vamos rever a modificação. Porém, os munícipes precisam entender que o transporte é coletivo, por isso, a coletividade é vista em primeiro lugar. É inviável colocarmos um veículo, com motorista e todas as despesas contidas, para atender apenas um ou dois usuários. Nossa principal intenção é evitar o reajuste da tarifa e qualificar o sistema público”, ressalta.

À medida em que os horários e os itinerários são alterados, as informações são atualizadas automaticamente no aplicativo Moovit e no site da Prefeitura de Criciúma, através do link www.criciuma.sc.gov.br/horariosdeonibus.

 

 

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.