[VÍDEO] Treviso terá Rua Coberta; projeto foi apresentado aos vereadores

Local poderá ser utilizado em diversas atividades, como feiras, shows, apresentações culturais e festas municipais

O secretário de Planejamento da Prefeitura de Treviso, Ernany Moreti esteve no Legislativo para apresentar o projeto da Rua Coberta. O secretário foi acompanhado pela arquiteta e urbanista que integra a equipe responsável pela obra, Camila Perito. O convite foi dos vereadores Fábio Savaris (PSDB), Birilo Fenili (PSDB) e Nelson Levati (PP).

O vereador Nelson Levati questionou o secretário por quais motivos o Executivo alterou o local da obra, inicialmente planejada para a área do comércio local,  e pediu informações sobre a aplicação do recurso.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Segundo o secretário, o montante de aproximadamente R$ 718 mil, destinado por meio de uma emenda parlamentar da deputada Geovânia de Sá, está disponível desde 2019 e o projeto criado na época não foi aprovado pela Caixa Econômica Federal. Além disso, com o aumento dos insumos para a construção, o projeto não poderia ser executado.

“Eram simplesmente pilares secos e simples com um telhado. Não tinha preocupação com pavimento, não estava explicado se ia continuar servindo de garagem para os carros, não foi explicado se seria só para circular e estacionar, se seria fechado para colocar mesa para o comércio e houve manifestação que atrapalharia a fachada do comércio. Teve várias situações que não foram explicadas e a Caixa Econômica simplesmente não aprovou o projeto que estava lá. Nós tínhamos que apresentar outra alternativa e a data limite era 30 de junho deste ano”, explicou.

Após a alteração, segundo o secretário de Planejamento, a Caixa Econômica aprovou o projeto para a construção na rua central da Praça Cavaleiro Benjamim Scussel. O secretário defendeu que no local a  Rua Coberta poderá ser utilizada em diversas atividades, como feiras, shows, apresentações culturais e festas municipais.

O vereador Fábio Savaris questionou sobre a trafegabilidade no local e a definição para o local da obra. De acordo com o secretário, não foi possível realizar audiência pública por conta da pandemia da Covid-19 e o curto prazo para apresentar o projeto à Caixa, no entanto, o Executivo procurou lideranças locais para tratar do assunto.

Em relação ao trânsito, a arquiteta e urbanista Camila Perito explicou que a trafegabilidade de veículos não será interrompida sob a Rua Coberta.

O vereador Birilo Fenili falou sobre a área comercial do município. O parlamentar perguntou se a Administração irá investir em melhorias em frente ao comércio. O secretário explicou que futuramente o Executivo irá discutir alterações para o local.

Vídeo:

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.