[VÍDEO] Proprietário de cervejaria de Criciúma desabafa e lamenta a demissão de seu último funcionário

O empresário Rubens Angelotti, proprietário da Blend Bryggeri, uma fábrica de cervejas artesanais na região da Primeira Linha em Criciúma, desabafou no início da noite de ontem, 31, em vídeo postado em sua rede social e que circulou em grupos de WhatsApp. Para não ter de fechar sua empresa, precisou reduzir custos e conta que ontem, mandou o último funcionário embora. Antes da pandemia, eram dez colaboradores.

“Contrariando todos os decretos, desses governantes que não sabem o que fazem, são 18h06 da tarde, eu estou bebendo uma Blend, nessa cervejaria incrível, que hoje teve que mandar o último funcionário embora, porque não tem grana. Estamos bebendo, para aliviar a dor de ver um negócio que nasceu há três anos e que paga todos os impostos tentando sobreviver. Hoje pagamos mais R$12 mil de impostos”, disse ele.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

A indignação de Angelotti, se dá por conta dos decretos editados pelo governo do estado, como medidas para o enfrentamento da pandemia, onde determina o horário de funcionamento de bares e restaurantes entre 10h e 22h, com limite do ingresso de novos clientes até 21h e proíbe o comércio de bebidas alcoólicas para consumo nos estabelecimentos a partir das 18h até às 6h.

O empresário diz que não é contra isolamento, mas que é preciso que haja uma alternativa para que as pessoas possam sustentar suas famílias. “São decretos que não pensam nos negócios que estão aqui sofrendo. Quem sofre são os pequenos, espalhados pelo Brasil inteiro, pela falta de governo e medidas coerentes”, destaca. E completa. “Manteremos o bar aberto. A fábrica provavelmente pare por algum tempo, mas mudanças vão acontecer para melhor. A Blend não vai acabar”, garante ele.

Acompanhe o vídeo:

 

 

 

 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.