[Vídeo] Noite para o Tigre reencontrar o caminho da vitória e reforçar o cofre

Criciúma encara a Ponte Preta, logo mais, às 19 horas, pela 2ª fase da Copa do Brasil

Logo mais, às 19 horas, o Criciúma encara a Ponte Preta pela segunda fase da Copa do Brasil. O duelo, no estádio Heriberto Hülse, vale R$ 1,7 milhão em premiação. Caso não exista vencedor no tempo normal, a vaga na terceira fase da competição nacional será decidida nos pênaltis.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Lanterna do Campeonato Catarinense, com apenas 4 pontos em 8 jogos, sendo 4 empates e 4 derrotas, o Tigre busca a vitória para, além de injetar uma boa grana no seu cofre, levantar a moral do time para seguir firme na luta contra o rebaixamento no Estadual. Pela Copa do Brasil o Criciúma tem um empate, na primeira fase, em 0 a 0, diante do Marília (SP), em Cariacica (ES), no dia 17 de março. Resultado suficiente para avançar de fase.

Para chegar à terceira etapa da Copa do Brasil, sem necessitar das cobranças de pênalti, o Tigre precisa fazer as pazes com a vitória. A última vez que o time carvoeiro deixou o gramado com os 3 pontos foi no dia 11 de outubro de 2021. De lá para cá, são 17 partidas de jejum do Criciúma.

Confira abaixo a entrevista concedida pelo técnico Wilsão e pelo auxiliar Lalo projetando o jogo diante da Ponte Preta:

Ponte Preta sem jogos oficiais há quase um mês

Após quase um mês sem entrar em campo, em virtude da paralisação do Campeonato Paulista (o último jogo foi em 13 de março contra o Botafogo), a Ponte Preta volta a campo para encarar o Criciúma. Se por um lado o Tigre está em um momento ruim, por outro a Macaca está sem ritmo. Na opinião do técnico Fábio Moreno, o primeiro fato não deve levar a Ponte a subestimar o Criciúma, já o segundo deve ser superado pelo empenho alvinegro.

“A gente sofreu uma série de dificuldades. Mas tivemos um período bom de preparação, apesar de não termos contado com todos os jogadores o tempo todo. Pois muitos estavam se recuperando da Covid19. Então, tivemos que fazer ajuste para todos chegarem na melhor condição possível. Realmente estamos sem ritmo de jogo, mas treinando muito forte, intensamente, e com atividades semelhantes a situações de jogo. É um desafio contra um adversário que está com dificuldades no Estadual e por isso mesmo deve jogar todas as fichas nesse jogo. Acredito, porém, na nossa preparação: treinamos bastante, com muita qualidade, e vamos muito confiantes em busca da classificação”, ressalta o técnico da Ponte Preta.

Moreno enfatiza que o Criciúma não deve, em hipótese alguma, ser subestimado por estar passando por uma má fase. “Não vamos cair nessa armadilha. Respeitamos o adversário, que tem representatividade nacional e joga em casa. Estudamos a equipe deles e sabemos que eles passam por dificuldade. Mas isso não quer dizer que vai ser uma partida mais fácil, muito pelo contrário. Já passamos por momentos delicados aqui também e neles a gente emprega ainda mais força e intensidade para reverter a situação. Com certeza, é o que está passando no vestiário deles: jogar tudo nesta partida pra se classificar e mudar cenário no estadual. Então, temos que estar atentos, sabemos do potencial deles, mas acreditamos muito nos nossos atletas, na nossa preparação”, pontua.

Ficha técnica: Criciúma x Ponte Preta

Data: Nesta quinta-feira, dia 8
Horário: 19 horas
Local: Estádio Heriberto Hülse
Arbitragem: Paulo Cesar Zanovelli (MG), auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Criciúma
Gustavo; Claudinho, Alemão, Philipe Maia e Hélder; Adenilson, Eduardo, Moacir e Dudu; Mateus Anderson e Gabriel Silva (Uilliam Barros)
Técnico: Wilsão

Ponte Preta
Ygor Vinhas; Apodi, Luizão, Ruan Renato e Yuri; Barreto e Dawhan (Locatelli); Pedrinho, Camilo e Moisés; João Veras
Técnico: Fábio Moreno

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.