[VÍDEO] Direção da UFSC emite nota sobre falsa aplicação de vacina contra Covid-19 em idosa

A direção geral da UFSC Campus Araranguá enviou nota de esclarecimento, nesta terça-feira, 25, sobre um vídeo que circula via redes sociais, onde mostra um suposto flagrante de vacinação forjada em uma idosa de 89 anos. O caso teria ocorrido num ponto de vacinação da Prefeitura do município, no bairro Cidade Alta.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Na nota, a direção da universidade se diz solidária com a Prefeitura de Araranguá “um caso isolado de ação voluntária de um de nossos estudantes, em momento de férias, não pode comprometer relação de confiança tão arduamente conquistada ao longo da última década com a comunidade do extremo sul, especificamente, com a rede de saúde do município”, diz parte do texto.

Confira a nota na íntegra:

“A Direção Geral do Campus fora de Sede da Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC Campus de Araranguá, vem se pronunciar diante dos fatos e episódio ocorrido em momento de vacinação na cidade de Araranguá. Primeiramente, cabe deixar claro, que somos solidários a nota expedida pela prefeitura de Araranguá, onde elucida que um caso isolado de ação voluntária de um de nossos estudantes, em momento de férias, não pode comprometer relação de confiança tão arduamente conquistada ao longo da última década com a comunidade do extremo sul, especificamente, com a rede de saúde do município.

Na administração pública, somos por força de lei, obrigados a nos pronunciar diante de fatos que não são condizentes com as boas práticas do serviço público, sob pena de omissão e consequente ato de improbidade administrativa. Desta forma, iremos, como preconiza a lei, comunicar às autoridades superiores da UFSC sobre as evidências até então demonstradas que poderá desencadear processo administrativo, em que haverá oportunidade de ampla defesa e contraditório ao acusado. Esperamos sim, que este infortúnio, ao longo de um processo investigatório se revele em um lapso de procedimento, uma imperícia, o que não retira a gravidade do caso, mas que não escale para outras deduções de caráter incriminatório.

Ao final, colocamos que a Universidade Federal de Santa Catarina estará atenta as evoluções dos fatos e sempre irá interceder para a tranquilidade e segurança de suas ações em quaisquer áreas do conhecimento e mais precisamente aquelas da área da saúde.

Araranguá, 25 de maio de 2021.

EUGÊNIO SIMÃO

Direção Geral do Campus Araranguá

Universidade Federal de Santa Catarina”

Na noite de ontem, 24, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Araranguá, publicou em suas redes sociais uma nota de repúdio.

Nota de repúdio

“É com indignação que a Administração Municipal de Araranguá vem a público manifestar primeiramente seu repúdio ao ato praticado pelo acadêmico de medicina e enfermeiro que se voluntariou à nossa equipe para aplicação da vacina contra covid-19 e que supostamente foi flagrado em ação que forjava a vacinação.

Além se desrespeitar a nobre ciência da medicina, usou da confiança de sua universidade e de nossa administração para a vacinação.

Desde já nos comprometemos a fazer este indivíduo responder por suas ações e a quem mais couber responsabilidade se a denúncia se confirmar.

Num momento de tantas perdas, distanciamentos, sacrifícios e trabalho duro, é inacreditável que alguém use do privilégio de salvar vidas, para colocá-las em risco.”

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.