[VÍDEO] Delegada destaca sinais que podem identificar violência contra idosos

Alterações de comportamento, machucados pelo corpo sem explicação podem ser alguns deles

Segundo o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e a Organização das Nações Unidas, a violência contra o idoso pode ser definida como “um ato único, repetido ou a falta de ação apropriada, ocorrendo em qualquer relacionamento em que exista uma expectativa de confiança que cause dano ou sofrimento a uma pessoa idosa”. É uma questão social global que afeta a saúde e os direitos humanos de milhões de idosos em todo o mundo e que merece a atenção da comunidade internacional.

A delegada de Polícia Patrícia Zimmermann D’Ávila, destaca alguns sinais de alerta e prevenção de violência contra idosos. “Alterações de comportamento, machucaduras pelo corpo sem explicação, isolamento do convívio com amigos, com pessoas da vizinhança e com familiares são alguns dos sinais que podem indicar que esteja ocorrendo violência, são alguns deles”, destaca. “Preste atenção aos sinais de alerta! Se você perceber que algum idoso possa estar sofrendo alguma forma de violência procure a Polícia Civil”, completa.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Se aconteceu algo nesse sentido telefone para o Disque Denúncia da Polícia Civil (181) ou mande uma mensagem para o WhatsApp da Polícia Civil (48) 98844-0011.

Golpes

Idosos têm sido vítimas de crimes praticados por telefone. Golpistas ligam para os idosos e pedem o número do cartão bancário, a senha de segurança do cartão, dados relativos ao CPF e RG. Em alguns casos, eles informam que vão mandar um motoboy buscar um cartão do idoso para que seja encaminhado ao banco.

Converse com o idoso, evite que terceiros mandem essas mensagens e enganem a pessoa idosa a praticar crimes. Lembre-se, o cuidado e atenção de um familiar nesse momento é importantíssimo.

Vídeo:

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.