Velário está sendo construído na parte externa do Santuário de Caravaggio

O Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, atrai devotos o ano inteiro, mas durante os dias da tradicional festa da padroeira no mês de maio, como também agora, no período de Quaresma e na Semana Santa, a igreja fica ainda mais lotada. Por lá, a movimentação é intensa e quem visita, sempre faz questão de fazer uma oração e acender uma vela, algumas vezes para expressar seu amor e gratidão por uma graça alcançada.

“Sempre que posso venho ao Santuário. Acendo minhas velas e faço minhas orações. Porque acredito que essa luz possa iluminar meus pedidos e meu caminho para alcançar as graças que peço. Mas também é uma forma  que sempre encontro para  agradecer tudo o que recebo do Senhor.  Quando estamos no escuro buscamos pela luz. Sempre que pensamos em Deus, pensamos nessa luz divina que nos conduz. Por isso acho muito importante essa obra para ampliar o local. Assim, mais pessoas, como eu,  poderão demostrar sua fé e sua devoção”, disse a bancária, Simone Silva.

Diante disto, o velário (ambiente onde se queima as velas), instalado na parte interna do Santuário está sendo ampliado e transferido para a área externa. O motivo segundo o reitor do santuário, padre Valdemar Carminatti, é a quantidade de fieis que visitam o local. “ Temos dois ambientes que se tornaram pequenos e isso pode se tornar perigoso devido a quantidade de velas. Já aconteceu em algumas situações do fogo se tornar grande e tivemos que jogar água para amenizar. Sem contar que a fumaça do ambiente também vai atingindo o Santuário por dentro. Por isso, a ideia de construir um outro velário”, explica padre Valdemar.

Ambiente que inspira

As obras tiveram início em janeiro deste ano e no projeto, consta um pergolado, imagens sacras, uma entrada diferenciada com rampa, enfim trata-se de um ambiente acolhedor que inspira devoção e fé. “Teremos uma cruz, uma imagem de Nossa Senhora para que a pessoa que chegue até ali, seja imbuída de um espírito religioso. Para que essa expressão de fé, seja fortalecida nesse ambiente”, destaca o padre.

Ainda segundo ele, queimar velas é uma forma de expressar o amor que a gente tem. “Vela é luz e Cristo é a luz do mundo. Acendendo a vela a gente está fazendo uma homenagem a esta luz e também querendo ser iluminado por este rito, devoção e queima de velas”, ressalta.

Projeto do Jubileu

Esta obra integra a realização do projeto do Jubileu, celebrado no ano passado e envolve a reforma e revitalização do Santuário, onde consta além do velário, uma marquise em frente ao Santuário, construção de uma sala para o reitor, a sacristia e a capela do Santíssimo serão ampliadas, além de mais ambientes para confissões. “Trata-se de um projeto grande que esperamos levar adiante sem precisar parar. Após concluído o santuário ficará bem mais confortável”, fala otimista padre Valdemar Carminatti.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.