Vadão, ex-técnico do Tigre, é campeão com a Seleção Feminina

A Seleção Brasileira de futebol feminino sagrou-se hepta campeã da Copa América neste domingo, 23, no Estádio La Portada, no Chile. O título veio após as comandadas do técnico Vadão, ex-Criciúma, venceram a Colômbia por 3 a 0. Mas antes mesmo do apito inicial, as brasileiras já comemoravam, pois a Argentina, única seleção que poderia alcançar o time verde e amarelo, perdeu de goleada para as chilenas por 4 a 0.

O título deste ano junta-se ao dos anos de 1991, 1995, 1998, 2003, 2010 e 2014. A única vez que o Brasil não foi campeão da competição foi em 2006, quando a Argentina ficou com a taça. Com essa conquista de Copa América, além de confirmar o 100% de aproveitamento na competição, o Brasil conquistou vaga tanto na Copa do Mundo do ano que vem, na França, quanto nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.

Vadão no comando do Tigre (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma E.C.)

Oswaldo Alvarez, o Vadão, comandou a Seleção Brasileira Feminina nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio, e foi desligado após o quarto lugar, retornando ao cargo em setembro de 2017. No Criciúma, o técnico foi campeão do Campeonato Catarinense de 2013, o último título do Tigre. Vadão ainda comandou a equipe na Copa Sul Americana, levando o clube a voltar a disputar uma competição internacional após 21 anos.

 

Informações: Gazeta Esportiva

#Campeã, #CBF, #CopaAmérica, #Criciúma, #CriciúmaEC, #CriciúmaEsporteClube, #futebolfeminino, #seleçãobrasileira, #Vadão, futebol, home_destaque, Técnico, tigre