Vacinas da gripe chegam ao Laboratório Búrigo

Dose única assegura imunização contra as cepas mais recentes de quatro tipos da doença

A vacinação contra a gripe na rede privada já começou no Sul do Estado. A Búrigo Salas de Vacinas recebeu o primeiro lote de imunizantes ontem, 25 e está comercializando as doses em suas quatro unidades, anexas às filiais do Laboratório Búrigo em Criciúma (bairro Cruzeiro do Sul, próximo ao Hospital São João Batista, e Giassi Santa Bárbara), Içara e Angeloni Araranguá, ou no site laboratorioburigo.com.br.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

O imunizante, administrado em dose única, gera a proteção contra quatro cepas (duas do tipo A – H1N1 e H3N2, e duas do tipo B – linhagens Washington e Phuket), também chamado de tetravalente. Podem ser vacinadas crianças (a partir de 6 meses de idade) e adultos. “As vacinas são produzidas pelo laboratório GSK na Alemanha, com base em pesquisas das variantes mais recentes do vírus da gripe que circularam no inverno do Hemisfério Norte e tendem a vir para o Hemisfério Sul nos meses mais frios. Como os vírus estão em constante mutação, é importante fazer a prevenção com a vacina todos os anos”, explica o coordenador da Búrigo Salas de Vacinas, Leandro de Costa.

Período de imunização e orientação para quem se vacinou contra a Covid-19

O tempo médio para o organismo estabelecer as defesas contra os quatro tipos de vírus da vacina da gripe é de 15 dias. Também duas semanas deve ser o período de espera para quem tomar a dose de alguma das vacinas contra a covid-19, por recomendação do Ministério da Saúde. “Seguimos a orientação das autoridades nesse sentido porque não há ainda estudos científicos que dêem segurança para se aplicar as doses contra o coronavírus e outro tipo de imunizante em um espaço de tempo menor”, frisa Leandro.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.