UPA registra mais de sete mil atendimentos no primeiro mês

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA), doutor Antônio Carlos Althoff completou o primeiro mês de portas abertas ontem. Neste período registrou exatos 7.327 atendimentos.

O relatório do perfil de atendimento apontou que a faixa etária mais frequente foi de 20 a 39 anos, totalizando 3.065 atendimentos. Do total de pacientes, 4.804 foram considerados não urgentes. Já os casos de urgência e emergência somaram 1.954. Os diagnósticos mais realizados têm sido os de amigdalite aguda, tosse, infecção aguda das vias aéreas e dor lombar.

A capacidade inicial da UPA é de atender em média 190 pessoas por dia. Por mês, seriam 5 mil atendimentos. O aumento no número previsto no primeiro mês não preocupa. Segundo o enfermeiro coordenador da unidade, Fabiano Teixeira, a demanda é aceitável por ser o mês de inauguração. “A equipe já está totalmente adaptada à rotina de trabalho. Além de já contarmos com mais um enfermeiro para cada plantão, para suprir a demanda”, informou.

De acordo com a secretária de Saúde, Francielle Gava, a avaliação do primeiro mês da UPA é positiva. “Estamos atendendo mais que o antigo 24h da Próspera, que tinha capacidade para 4 mil pacientes por mês. O saldo é positivo e estamos recebendo muitos elogios pelo atendimento humanizado e pela infraestrutura”, avaliou a secretaria.

“Esses primeiros 30 dias são prova de que era realmente necessário ter um equipamento desse porte em Criciúma. Mostra que a população precisava desse cuidado e nós assumimos o compromisso de atender a essa necessidade. Estamos satisfeitos com o resultado e com a certeza de que o cidadão está em ótimas mãos”, salientou o prefeito Clésio Salvaro.

Faixa etária de atendimento:

IDADEQUANTIDADE
<127
1-481
5-953
10-14148
15-19559
20-393.065
40-49992
50-591.116
60>1.286

#Upa, atendimento, home_destaque