Unesc implanta Centro Simulação Realística em parceria com a American Heart Association 

Formação dos instrutores está sendo ministrada pelo médico do Hospital Israelita Albert Einstein, Hélio Penna Guimarães

A Unesc será referência estadual em formação de urgência e emergência. Em parceria com a American Heart Association (Associação Americana do Coração), organização de renome mundial, a Universidade está implantando o Centro de Simulação Realística em seu campus. A formação dos profissionais instrutores contou com etapas teórica e prática. O fim da capacitação, ministrada pelo médico do Departamento de Pacientes Graves do Hospital Israelita Albert Einstein, Hélio Penna Guimarães, ocorreu neste domingo, dia 18..

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

A partir da conclusão, a Unesc está pronta para ser credenciada pela Associação Americana, e a previsão para receber as primeiras turmas será em agosto. “É um marco para nossa Universidade e para a região Sul de Santa Catarina. A Unesc não se coloca apenas como referência na formação destes profissionais, e sim eleva a qualidade da prestação de serviços em saúde no nosso Estado”, evidenciou a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta.

O momento também é destacado pelo professor do curso de Medicina da Unesc, médico e coordenador do Centro, Rafael Ostermann. Ele explica que a Unesc passará a ministrar estes cursos para outras universidades e organizações de saúde do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. “O objetivo é que nossos profissionais, após capacitados, possam estar ministrando cursos de imersão na área de urgências e emergências, em Suporte Básico de Vida, Suporte Cardiovascular Avançado e Suporte Avançado em Pediatria para profissionais de saúde de toda região sul do país inicialmente”, contou.

O impacto regional da conquista será potencializado com a inserção dos egressos dos cursos de saúde da Unesc, como os de Medicina, curso que já é parceiro do Centro. O médico Alexandre Ribeiro da Costa formou-se na Universidade há oito anos e será um dos instrutores. Quando deixou a graduação, precisou ir para Porto Alegre e São Paulo em busca da formação.

Para o profissional, que hoje é professor da Unesc, o Centro trará importantes ganhos. “É uma certificadora em nível internacional e de excelência. O profissional credenciado aqui terá exatamente as mesmas qualificações de outro atuante na Europa, Estados Unidos e países que são referência. Para nossos estudantes, será uma grande qualificação. Quem ganha com isso são as pessoas da nossa comunidade que vão ser atendidas por profissionais altamente capacitados”, frisou Costa.

Ambiente de formação moderno e de alta realidade 

O ambiente construído para a formação dos instrutores, e posteriormente para a execução dos cursos, também está dentro dos padrões da American Heart Association. Manequins de simulação de alta sensibilidade, equipamentos e móveis hospitalares modernos e espaços específicos para cada necessidade de aprendizagem foram montados com o que há de excelência no Brasil e no exterior.

Cláudia Belluzzo Martins, coordenadora dos Laboratórios de Saúde da Unesc, explica que parte da estrutura técnica já havia na Universidade. Para complementar a elaboração, os envolvidos em nome da Universidade passaram por uma capacitação que garantiu a assertividade e a qualidade dos espaços. “Nestes ambientes ocorrem simulações da realidade, portanto há um grande esforço e até envolvimento do DTI (Departamento de Tecnologia da Informação) da Universidade”, afirmou Cláudia.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.