Tubarão consegue sua primeira vitória diante do Tigre

O Tubarão fez valer o mando de campo e goleou o Criciúma por 3 a 0 na noite deste domingo, 28. Lado esquerdo da defesa acabou sofrendo com os contra-ataques do Peixe, que por pouco não aumentou a vantagem de gols marcados.

Apenas a chuva deu trégua para o início do jogo, diferente da torcida do Atlético Tubarão que seguiu cantando e apoiando a equipe durante os 90 minutos, o que certamente fez a diferença para o placar elástico. A torcida carvoeira compareceu em bom número e teve problemas para assistir a partida. De acordo com relatos, cerca de 60 torcedores ficaram do lado de fora do estádio Domingos Gonzalez.

O Criciúma começou atacando com perigo. Logo aos dois minutos da primeira etapa, o atacante Lucas Coelho teve a primeira chance com um chute forte que obrigou o goleiro Belliato a espalmar.  O Tubarão respondeu com cabeceio de David Batista, a bola passou perto da meta de Luiz. Aos 26 minutos, o primeiro gol da partida. O goleiro do Peixe afasta da defesa, a bola sobra para o lateral Marcos Vinicius que dá um drible da vaca em Chico e cruza rasteiro, Guilherme Amorin se antecipa para abrir o placar para o Tubarão e explodir a torcida azul.

O Criciúma seguiu pouco criativo no ataque. Nino reclamou de um empurrão na área e o árbitro Leandro Messina Perroni nada marcou, o zagueiro com cartão amarelo por reclamação. Já no fim do primeiro tempo, Everton Dias chuta forte e obriga Luiz a fazer ótima defesa. Na sequencia, novamente Everton Dias cabeceia para as redes, seria o segundo gol do Atlético Tubarão, mas o bandeira anotou o impedimento.

Tubarão avassalador

No intervalo o técnico Lisca promoveu duas substituições. Entraram Siloé e João Paulo no lugar de Lucas Coelho e Caio, para dar mais dinâmica ao ataque. Mas foi o Tubarão que continuou atacando. Aos 10 minutos Índio fez boa jogada pela direita e cruzou para Everton Dias que bateu de primeira, o goleiro Luiz só observou a bola sair pela linha de fundo, muito próximo a trave.

Na metade da segunda etapa, o ataque do Tubarão começou a dar mais trabalho para o Tigre. Em uma das investidas,  Jean Mangabeira tirou de carrinho o que seria o segundo gol do Peixe. No escanteio a bola sobrou para Romarinho que acertou uma bomba, Luiz se esticou todo para defender. Mas ele não pôde salvar a defesa tricolor por muito tempo, aos 27 minutos em bela jogada pela direita, Daniel Costa que invadiu a área e cruzou na medida para David Batista escorar e fazer Tubarão 2 a 0.

Nessa altura a defesa do Tigre já estava completamente perdida, aos 33 minutos, Romarinho recebeu novo cruzamento pela direita e cabeceou sem chances para Luiz, foi o terceiro do Tubarão e o gol que decretou a derrota do Criciúma em uma noite para esquecer. No final ainda deu tempo para a torcida do Atlético Tubarão dar gritos de “olé”, e para Daniel Costa, de frente para o gol perder o que seria o quarto gol.

Após a partida, o diretor de futebol Emerson Almeida declarou sua insatisfação com a derrota. “Com todo respeito ao Tubarão, uma grande equipe, mas é inadmissível a gente vir aqui e jogar dessa forma”.

Com a derrota, o Tigre segue com 4 pontos e caí para 8º, já o Tubarão conquista os primeiros três pontos na competição e sobe para 9º na tabela.

#Criciúma, campeonato catarinense, home_destaque, tigre