Tigre empata com gol do estreante Zé Carlos

O Tubarão entrou em campo neste domingo, 11, disposto a dar tanto trabalho para o Criciúma quanto no confronto do turno, onde venceu por 3 a 0 e decretou a queda do técnico Lisca. Mas a noite estava reservada para o estreante Zé Carlos, que animou os carvoeiros e as carvoeiras que comparecem em peso ao Estádio Heriberto Hulse com mais de cinco mil presentes. Elas foram as convidadas do clube em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, comemorado na última quinta-feira, 8.

Embalado após vitória diante do Concórdia, o Peixe assustou  logo aos três minutos com Índio. O atacante recebeu na ponta direita da área e arriscou colocado, a bola bateu no travessão de Luiz que só observou. A reação tricolor veio nos cruzamentos de Sueliton e foi através dessa jogada que o Tigre conseguiu o primeiro pênalti. O lateral cruzou e a bola bateu no braço de Canavesio. Apesar das reclamações dos jogadores do Tubarão, o árbitro Leandro Messina Perrone anotou a penalidade. Quando os torcedores esperavam Zé Carlos, o atacante Elvis foi quem pegou a bola. Na cobrança, Belliato acertou o canto esquerdo.

Gol do estreante e final de primeiro tempo agitado

A torcida nem teve tempo de lamentar a chance perdida, pois cinco minutos depois, novamente Sueliton tentou achar o passe de cabeça e a bola bateu na mão de Jean dentro da área. E dessa vez o camisa 9 assumiu e garantiu. Goleiro para um lado e bola para o outro.  O Tigre abriu o placar com o estreante, para explodir o estádio que já estava com saudades do Zé do Gol.

Nos cinco minutos finais, Mailson quase ampliou com uma jogada que começou com um bonito drible do goleiro Luiz na defesa. Em uma sequência de tentativas dos dois lados, Nino por pouco não fez seu primeiro gol como profissional, subindo alto de cabeça. Logo após, novamente Mailson arrancou do meio campo e bateu colocado, obrigando Belliato a fazer boa defesa. O Tubarão respondeu com Batista batendo de primeira no travessão. E no contra ataque, Sueliton fez tudo certo, mas finalizou para fora.

Tubarão empata em falha da zaga

No início da segunda etapa, o Tubarão assustou com Batista pegando de primeira. E conseguiu chegar ao empate aos 17 minutos após uma saída de bola desastrada de Nino. Índio roubou e a bola sobrou para Daniel Costa, que driblou Enzo e bateu na saída de Luiz para deixar tudo igual.

A resposta do Criciúma veio com Mailson, batendo por cima da meta após passe de peito de Zé Carlos, e com Enzo chutando de fora da área, no meio, para defesa segura do goleiro do Peixe. Visivelmente sem ritmo de jogo, Zé Carlos teve de cabeça uma chance clara de fazer seu segundo gol, mas finalizou muito mal. Após o lance, o atacante foi substituído por Lucas Coelho e saiu aplaudido pela torcida. No final, o Tigre quase desempatou com Alex Maranhão batendo de longe e no rebote com João Paulo, mandando por cima. Ainda aos 45, Mailson teve nova chance, mas finalizou mal e a partida ficou por isso mesmo.

Com o empate o Tigre foi a 13 pontos na sétima colocação do estadual. Já o Tubarão está na quinta posição com 17 pontos somados. O próximo adversário do Criciúma será o Brusque, na próxima sexta-feira, 16, pela 14º rodada.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.