Senta que lá vem história- Mestre em Sobreviver – Conheça o homem que escapou 7 vezes da morte e ainda ganhou na loteria

Às vezes a gente só precisa mesmo de alguma história de sucesso para ter aquele tiquinho de incentivo que faltava para terminar o dia bem e/ou parar de reclamar da vida. O caso que você vai conhecer a seguir é tão surpreendente que chega a parecer mentira, mas não é. Estamos falando de um senhor de 92 anos chamado Frane Selak.

Nascido na Croácia, Selak trabalhou como professor de música. Esse simpático senhor poderia facilmente deter dois títulos completamente opostos: o de homem mais azarado do mundo e o de a pessoa com mais sorte de todos os tempos. Isso porque ele sobreviveu a 7 acidentes gravíssimos, como a queda de um avião e um trem descarrilhado. E, como se não bastasse ter tido sorte em todas as tragédias que escapou, aos 81 anos ele ganhou na loteria.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Sobrevivente também de cinco casamentos, ele acredita não ser um homem de sorte quando escapou de todos os seus encontros com a morte. “Eu acho que sou azarado por ter me metido neles, em primeiro lugar!”, disse Frane ao jornal britânico The Telegraph.

Tudo começa em um dia de inverno em 1962. Enquanto Frane viajava de Sarajevo, Bósnia, à Dubrovnik, na Croácia, o trem o qual ele estava saiu dos trilhos e despencou em um lago congelado. Todos os passageiros morreram e ele apenas quebrou o braço e ainda conseguiu nadar até a margem. Este era apenas o primeiro de uma série de eventos bizarros que viriam a acontecer nos próximos anos.

No ano seguinte, 1963, o homem ficou sabendo que sua mãe estava doente. Então, quis embarcar em um voo doméstico entre duas cidades da Croácia, Zagreb e Rijeka. O primeiro voo estava lotado, porém, sortudo como era, Selak disse ter conseguido convencer a companhia aérea, que liberou uma brecha. Conseguiu então sentar na parte traseira do avião com a comissária de bordo. O avião que tinha dois motores com defeito, simplesmente parou de funcionar ainda no ar, houve despressurização da pequena aeronave e ela iniciou uma queda. Uma das portas do avião se soltou e Frane (sim, o incrível Frane) conseguiu escapar e deixou a aeronave mesmo sem paraquedas. Todos os 19 passageiros e a comissária que estava sentada ao lado dele morreram e Frane caiu em um monte de feno e conseguiu sobreviver. Ele estava inconsciente quando foi resgatado, mas se recuperou bem, com apenas alguns arranhões.

Já em 1964 escapou de um acidente de ônibus. Desta vez, a via estava congelada e isto fez com que as rodas do veículo travassem e que ele despencasse por uma colina abaixo e indo parar em um rio. Quatro passageiros foram mortos. Mas nenhum deles era Frane, o professor apenas saiu nadando, são e salvo, com apenas alguns arranhõezinhos para contar história.

Depois de três quase mortes, é normal que uma pessoa se sinta um pouco desmotivada e talvez por isso, Selak resolveu passar um tempo mais retirado, evitando pisar em trens, ônibus e aviões. Em 1970 seu veículo pegou fogo enquanto Selak estava ao volante, ele saltou para fora do automóvel e correu a ponto de conseguir fugir da grande explosão que aconteceu alguns segundos depois. Em 1973 ele novamente escapou de outra explosão em seu carro enquanto dirigia. A diferença é que, dessa vez, Selak teve alguns ferimentos e queimaduras, e não apenas arranhões. Mas nada mais sério.
E depois de ter passado por quase todos os meios de transporte, será que ele correria algum tipo de perigo enquanto estivesse andando? Só um palpite. Em 1995 ele foi atropelado por um ônibus e  saiu ileso. No ano seguinte, 1996, ele escapou de uma batida entre o carro que ele dirigia e um ônibus que causou o acidente. O carro despencou de um penhasco e, inacreditavelmente, ele se pendurou em uma árvore e escapou da queda.

O homem ficou conhecido como o mais sortudo de todos os tempos, embora esse título seja controverso: é sorte escapar da morte, mas é sorte também sofrer tantos acidentes assim? Foi essa dúvida que Selak quis sanar em 2003, quando resolveu apostar na loteria. Resultado: ele ganhou £600,000 (cerca de 3,5 milhões) na loteria depois de passar 40 anos sem apostas. E agora, seria ele o mais sortudo ou azarado do mundo?

Como se não bastasse todos os ocorridos durante a vida de Frane, ele voltou a ser notícia em 2010, cinco anos após ter ganhado uma fortuna. Ele decidiu doar tudo “porque dinheiro não traz felicidade”.

Ele vendeu uma casa luxuosa que havia adquirido em uma ilha deserta e dividiu o dinheiro entre seus amigos e família e diz que tudo o que precisa é Katarina, sua 5ª esposa. E ele completa: “além de tudo, acredito também que todos os últimos casamentos também contam como desastres!”. O único dinheiro que ele guardou foi o usado para fazer uma cirurgia no quadril e construir um santuário para a Virgem Maria.

Depois de tudo o que passou, os sete acidentes e essa feliz sorte de ganhar na loteria, ele foi chamado para ir a Austrália para gravar um comercial para a Doritos (salgadinho de tortilla mundialmente famoso). Só que ele teria que ir voando até lá, ele recusou sem muita hesitação. Perguntado por que não aceitou o convite, ele respondeu:

“Não quero testar minha sorte novamente”.

Mas quem não concordaria se tivesse na pele dele? Afinal, só faltou cair um raio na cabeça dele.

Essa história por mais incrível que pareça, não é o tipo de situação que a maioria das pessoas querem passar. Esse incrível sobrevivente está com 92 anos hoje, o que deveria ser muito improvável, é melhor que ele realmente não teste sua sorte novamente. Concorda?

Obrigada pela leitura, me siga nas minhas redes sociais:
TikTok
Instagram
Twitter

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.