Anúncio

Semana arrecadou aproximadamente R$ 34,5 mil em acordos de IPTU

A união entre o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) e a Prefeitura de Criciúma promoveu uma tarde diferente e repleta de atividades aos criciumenses no Fórum Comarca de Criciúma. Com uma sexta-feira (8) ensolarada, a população aproveitou a Feira da Agricultura Familiar, testes rápidos de saúde, distribuição de mudas, atrações culturais e o mutirão de conciliação, em comemoração à Semana Nacional e Estadual da Conciliação.

A iniciativa ocorre anualmente no Brasil e visa promover possibilidade de negociação com devedores que estejam com débitos inscritos em dívidas ativas para com o município. Já em Criciúma, a programação ocorreu entre os dias 5 e 9 de novembro. “O que nós presenciamos nessa semana foi um esforço concentrado do judiciário com o objetivo de buscar um entendimento entre as partes e disseminar a cultura da resolução dos conflitos por meio de audiência de conciliação”, frisou a procuradora-geral do munícipio, Ana Cristina Youssef.

Anúncio

Durante a semana foram realizadas aproximadamente 200 audiências de conciliação. A iniciativa também somou mais de R$ 34,5 mil em acordos de IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano). “É mais um evento que a gente proporciona com a participação da comunidade, isso é muito importante e me deixa muito feliz. A semana tem como objetivo promover a cultura do diálogo entre as partes a fim de resolver conflitos. Com a parceria entre a Secretaria da Fazenda e estudantes foi possível cumprir com êxito as quase 200 audiências de conciliação pautadas nesse mutirão”, ressaltou a juíza titular da 1ª Vara da Fazenda Pública e juíza diretora do Foro, Eliza Maria Strapazzon,

Atrações para a população

Além do mutirão de conciliação, a Administração Municipal foi parceira do evento com a Feira da Agricultura Familiar, promovida pela Gerência de Agricultura e Agronegócio, com produtos coloniais, como bolachas, pães, embutidos, verduras e artesanatos. “Estamos aqui para promover mais uma vez a agricultura de Criciúma, o setor aqui no município tem muita qualidade e diversidade nos seus produtos”, comentou a diretora da Gerência de Agricultura e Agronegócio, Maristela Borgert Bresciani.

O feirante da barraquinha de produtos embutidos, Jorge Martinello, já participa das feiras há dois anos. “Eu venho sempre que sou convidado. É uma forma de divulgar meus produtos, já que eles são mais diferenciados”, garantiu.

As crianças das escolas da Rede Municipal de Ensino também participaram do mutirão com apresentações para o público. A estudante Liliane Demétrio, de 10 anos, da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMIEF) Carlos Gorini, foi a Bela da peça A Bela e a Fera apresenta durante o evento. “Foi muito bom apresentar hoje, eu estava nervosa no começo, mas quando começou fiquei mais tranquila e apresentei”, comentou a estudante.

A Secretaria de Saúde disponibilizou testes rápidos e também orientou a população sobre o Novembro Azul. A Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri) distribuiu mudas e fez uma palestra sobre a educação ambiental para as crianças. A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma animou a tarde com equipamentos infantis. A Secretaria da Assistência Social e Habitação também esteve presente oferecendo orientações aos criciumenses.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.