Seleção Brasileira enfrenta os anfitriões da Copa

Rússia e Brasil se enfrentam nesta sexta-feira, 23, a partir das 13 horas (horário de Brasília), no estádio Luzhniki, em Moscou. O amistoso entre as seleções serve de preparação para a Copa do Mundo Rússia 2018.

Lesionado, Neymar não foi convocado para os jogos contra Rússia e Alemanha, os dois últimos amistosos antes da convocação oficial para a Copa do Mundo. Em coletiva na tarde de onte, 22, Tite garantiu que Willian substituirá o atacante no time titular e Douglas Costa ganhará a vaga de Renato Augusto, deslocando Coutinho das pontas para o meio. O Brasil ainda jogará contra o algoz do último Mundial na terça-feira seguinte, 27, em Berlim.

Vantagem histórica

Se depender do histórico, o Brasil já pode comemorar uma vitória sobre a Rússia. Ao término da União Soviética, em 1991, os russos já enfrentaram cinco vezes a Seleção Brasileira e nunca venceram. Foram três vitórias canarinhas e dois empates, com 11 gols marcados e quatro sofridos.

O primeiro confronto ocorreu na estreia das duas equipes na Copa do Mundo de 1994, disputada nos Estados Unidos. Naquela ocasião, o Brasil ganhou por 2 a 0 sem grandes dificuldades, com gols de Raí, de pênalti, e Romário. Foi a única partida oficial entre as seleções sul-americana e europeia.

No último duelo, as seleções estavam em preparação para a Copa do Mundo de 2014 e empataram por 1 a 1. Os brasileiros, dirigidos por Luiz Felipe Scolari, saíram perdendo e buscaram o empate no final, com gol do atacante Fred.

 

Informações: Gazeta Esportiva

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.