Secretaria de Saúde reforça chamamento de idosos acima de 60 anos que ainda não foram vacinados contra a Covid-19

Criciúma tem 1.175 pessoas acima de 60 anos que ainda não compareceram para receber a dose. Órgão municipal está mandando mensagens em massa para chamamento desses idosos

A Secretaria de Saúde de Criciúma está reforçando que os idosos acima de 60 anos que ainda não foram imunizados contra a Covid-19 se desloquem até a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para receber a sua dose. O chamamento está sendo feito por meio de mensagens em massa via WhatsApp. Após o recebimento, o paciente pode agendar sua dose no site Minha Vacina (https://minhavacina.criciuma.sc.gov.br/). Criciúma possui aproximadamente 4 mil doses disponíveis, sendo que 1.170 idosos acima de 60 anos ainda não comparecerem para serem vacinados.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

O envio começou a ser realizado nessa última terça-feira, 11, para 592 idosos, o restante receberá o chamamento ainda nesta quarta-feira, 12. “Acreditamos com esse envio de mensagens em massa muitos irão até as unidades para receberem sua dose. Hoje, temos mais de 4 mil doses disponíveis para imunizar todos esses idosos. Queremos frisar que as vantagens de tomar a vacina são imensamente maiores do que os eventuais riscos que ainda não estão esclarecidos”, frisou o gerente em Saúde, Samuel Bucco.

Suspensão da vacinação em grávidas e novas faixas etárias

Na noite da última segunda-feira, 10, por orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a imunização das gestantes e puérperas foram suspensas no município. A Secretaria de Saúde ampliou a vacinação de pessoas com comorbidades para acima de 50 anos.

Saiba mais

Covid-19: Criciúma começa vacinar quem tem acima de 50 anos e comorbidades

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.