Sandro De Mattia: A semente da rota turística regional plantada em Morro da Fumaça precisa ser regada

Existem duas coisas que fortalecem o turismo local: um roteiro e união de força. Não se atrai pessoas para nenhum ambiente sem que este possa provocar algum tipo de experiência. Seja observação, degustação, sensação, só se constrói um roteiro turístico se este despertar algum sentimento. Mas uma rota turística regional não possui futuro sem que as pessoas trabalhem de forma conjunta. Na semana passada participei de um evento embrionário com foco no unir 12 município para construção de uma rota que concretizasse em casa uma das cidades a colonização italiana no Sul de Santa Catarina.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Ousado, diferente e desafiador o roteiro que se quer construir conta a chegada dos Italianos do porto e vai seguindo seus passos com o fundar das cidade locais do Sul. O movimento é uma aposta da empresária, mas também assessora parlamentar, Karina Canto que reuniu representantes de praticamente todas as cidades envolvidas para iniciar as conversas.

Por fazer parte da diretoria da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – Abrajet Nacional e SC deixei o evento entusiasmado. Temos potencial turístico na região Sul de SC, mas isolados não vamos nem longe e nem rápido. Precisamos unir força, destacar os roteiros e cada cidade encontrar sua veia. A Roda da Colonização Italiana, levantada na noite do dia 16 de setembro 2021, por Karina Canto é um braço que atraí inclusive investimentos internacionais, via Gemallággio. A semente foi lançada. Se não regar, cuidar e deixar o movimento sempre ativo morre nas boas ideias.

Como disse Canto em sua fala precisamos guardar as bandeiras partidárias e levantarmos as da valorização do sul. Esta união de força pode construir o primeiro roteiro que preserva a colonização Italiana com a participação de 12 cidades e envolvendo mais de 500 mil pessoas.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.