Salvalággio está entre os três nomes para desembargador do TJ-SC

Por meio de votação na tarde desta quarta-feira, 21, o advogado de Criciúma Carlos Werner Salvalággio figura entre os três nomes dos quais um será nomeado ao cargo pelo governador Carlos Moisés, ao lado dos colegas Diogo Pítsica e Wilson Pereira Júnior. A vaga a ser ocupada pertence ao Quinto Constitucional da Advocacia – por força da Constituição Federal, todas as cortes de justiça devem ter 20% dos membros oriundos da OAB e do Ministério Público.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

A etapa no TJ-SC foi a terceira votação a que os candidatos se submeteram desde o início do processo. As duas anteriores, no âmbito da Ordem dos Advogados do Brasil, incluíram uma inédita votação aberta a todos os advogados atuantes em Santa Catarina em situação regular com a entidade. Com o respaldo dos colegas, seis candidatos concorreram no plenário do tribunal diante dos possíveis futuros colegas. “É um processo longo e essas etapas denotam a importância do tribunal, a maior instância da justiça catarinense”, pontua Salvalággio.

Carlos Werner Salvalaggio

Com 28 anos de profissão, sempre atuando em escritório particular, Carlos Werner Salvalággio. 50 anos, possui pós-graduações em Ciências Jurídicas – Dogmática Jurídica pela Unisul – onde também fez a graduação em Direito – e Direito da Economia e da Empresa pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre 2010 e 2012 exerceu o cargo de conselheiro da OAB – Subseção Criciúma e de 2014 a 2017 lecionou no curso de Direito da Unesc, em Criciúma.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.