Saldo positivo para Santa Catarina

Santa Catarina teve saldo positivo de 8.011 vagas na geração de empregos em setembro. O Estado respondeu, sozinho, por quase 24% do saldo nacional, que foi de 34.392 no mês passado, sexto aumento consecutivo. Os números foram divulgados pelo Ministério do Trabalho (MTb), que apresentou os resultados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No nono mês do ano foram 1.148.307 admissões e 1.113.915 desligamentos no país. No caso de Santa Catarina, foram 73.771 admissões e 65.760 demissões. Outro bom motivo para comemorar é que não só a Indústria de Transformação mostrou incremento no saldo, de 0,41%, mas também os setores do Comércio (0,50%) e de Serviços (0,35%). De janeiro a setembro, o resultado positivo do estado foi de 36.980 empregos.

No Brasil foi de 208.874 empregos, aumento de 0,5% sobre dezembro de 2016. No setor industrial catarinense, a maior contribuição veio do segmento da química de produtos farmacêuticos, veterinários e perfumaria (0,91%), seguida do ramo do papel, papelão, editorial e gráfica (0,65%). O maior recuo veio do segmento de borracha, fumo, couros, peles e similares (-0,72%) e de material de transporte (-0,19%). Santa Catarina também foi destaque na região Sul. Enquanto o Rio Grande do Sul fechou 278 vagas de emprego com carteira assinada em setembro, o Paraná criou apenas 2.801 vagas.

home_destaque