Resultado positivo no balanço financeiro da Unesc

O balanço financeiro da Unesc foi concluído na última semana e aprovado por unanimidade pelos conselhos universitário, curador e o superior em administração da instituição. “Casualmente quando a nossa equipe foi pensar na constituição desse momento, percebemos que estávamos com 700 dias de gestão”, disse a reitora Luciane Ceretta, durante coletiva nesta tarde, na universidade durante a apresentação dos números.

E completou. “Foi necessário este tempo para que pudéssemos reposicionar do ponto de vista da sustentabilidade econômica a nossa universidade. Sem a sustentabilidade econômica, nenhum de nossos projetos seria possível, sendo que 96.6% da receita é proveniente da mensalidade dos alunos e 3.4% da receita proveniente de recursos públicos”, completou a reitora.

De acordo com a reitora, a atual gestão iniciou no mês de junho de 2017, com um déficit orçamentário do ano de 2016, no valor de R$4 milhões. “Fechando 2017, com R$8,4 milhões de déficit orçamentário. Durante várias ações construídas durante a gestão concluímos 2018, um superávit de quase R$ 5 milhões. Conseguimos tornar a universidade mais eficiente e ampliando a excelência acadêmica”, fala satisfeita.

Algumas estratégias utilizadas para chegar a este resultado

* Reposicionamento das dívidas de curto prazo que já estavam assumidas pela universidade;

* Alongamento das dívidas com os bancos;

* Impostos rigorosamente em dia;

* Redução de custos de eficiência operacional;

“Esperamos reduzir ainda mais para chegar em um nível satisfatório de nossos passivos. Hoje fechamos em R$43 milhões, eu penso que nossa meta é reduzir pela metade”, colocou o consultor financeiro da Unesc, Zanoni Elias.

Perspectivas para 2019

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.