Notícias de Criciúma e Região

Representantes de instituição do Piauí conhecem Bairro da Juventude

Apesar da distância entre o Bairro da Juventude e a Amare (Associação para o Bem Estar do Menor Carente de Esperantina – Piauí), ambos têm como prioridade beneficiar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. O coordenador pedagógico da instituição piauiense, Raimundo da Silva Aguiar e a professora Mayra Rafaela Serqueira chegaram a Criciúma no último dia 4, para conhecer o Bairro da Juventude. O objetivo da visita é a troca de experiências entre as duas entidades filantrópicas.

Segundo Aguiar, os representantes da Amare descobriram o Bairro por um congresso que discute questões do Terceiro Setor, o Fife (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica). “Nossa intenção é experienciar a instituição, ver as atividades desenvolvidas, se inspirar e colocar no nosso trabalho. Porque nós só podemos recriar a partir de um referencial”, salientou.

Ainda de acordo com ele, a visita foi incentivada pelo diretor técnico e de projetos do Bairro, Anézio Luiz de Souza. “Também já tivemos a oportunidade de conhecer o trabalho da Amare e eles já estiveram na Instituição em duas outras oportunidades. Essa integração e troca de informação é muito valiosa para quem trabalha com o terceiro setor”, observou Souza.

A Amare atende 500 crianças e adolescentes em meio período e oferece serviços como assistência psicossocial, atividades culturais e esportivas. “Tanto a nossa instituição como o Bairro da Juventude buscam o mesmo ideal. Estar aqui é a concretização de muitas expectativas, testemunhamos o trabalho com as crianças e adolescentes da melhor entidade do Sul do país”, ressaltou Aguiar.

Você também pode gostar