Rede de educação profissionalizante do Sul catarinense recebe prêmio nacional

A rede de franquias Instituto Mix de Profissões, com sede em Araranguá, recebeu mais um prêmio de destaque: o selo de excelência da Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios (PEGN), pelo sexto ano consecutivo. O primeiro prêmio foi em 2014 e a marca se manteve na liderança, consecutivamente, sendo escolhida, em 2019, Empresa Destaque, em nível Brasil, no segmento Educação Profissionalizante.

O empresário de Araranguá e Chefe Executivo de Operações (CEO) do Instituto Mix, Alex Cavalheiro, recebeu o prêmio na noite de ontem, dia 25, em mãos em cerimônia realizada na cidade de São Paulo. “Além do selo “Melhores Franquias do Brasil”, da Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, fomos anunciados como a 1ª Rede de Educação Profissionalizante do Brasil! Esse é um grande reconhecimento para nossa rede, que merece ser muito comemorado por todos, principalmente por ser uma empresa da região, que vem crescendo muito, gerando empregos e realizando o sonho de milhares de brasileiros de Norte a Sul do país. Essa conquista é nossa, é de todo o Sul catarinense”, enfatiza o CEO.

A Líder de Operações Pedagógicas, Leísa Ramos, destaca que “a qualidade da franchising brasileira é auditada, basicamente, por duas grandes e respeitadas instituições: a Associação Brasileira de Franchising (ABF) e a Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios. No ano de 2019, o IM já recebeu a chancela da ABF e aguardava, então, o resultado da PEGN, que acabou de sair. Essa certificação de qualidade atesta todos os nossos esforços no sentido de entregar ao aluno a melhor e mais completa formação possível, demonstrando a satisfação da rede IM pelo trabalho desenvolvido pela marca”, explica.

Prestígio na ABF

A rede Instituto Mix de Profissões não é destaque apenas na PEGN, a empresa recebeu em 2019, pelo quinto ano consecutivo, o selo da ABF, que chancela a marca IM como uma das melhores redes de ensino profissionalizante do Brasil. Somado a tudo isso, a empresa atingiu, recentemente, o número de 500 franquias no Brasil, são centenas de escolas espalhadas por todas as regiões do país, ofertando mais de 100 cursos, unidades que juntas já formaram mais de 700 mil alunos.

Internacionalização

O CEO da rede foi um dos grandes incentivadores para a expansão de horizontes do Instituto Mix. Presente em praticamente todos os estados brasileiros, a empresa Sul catarinense inicia processo de internacionalização, a partir do continente africano.

“Há algum tempo trocamos ideias sobre essa possibilidade, adquirindo know-how sobre o projeto com gestores, másteres e franqueados da rede. Agora é oficial, estamos levando o Instituto Mix para Angola, um país que está em pleno desenvolvimento, emergindo para o mercado e com muita vontade de crescer. Estamos confiantes do sucesso para a marca e para o país”, relata Cavalheiro.

A província de Benguela, em Angola, será a região que acolherá a primeira unidade do Instituto Mix de Profissões, mas o franqueado tem projetos e metas ousadas para o futuro. “Posteriormente, iremos avançar para o resto do país e, quem sabe, para vários outros países do continente africano. Nós angolanos vemos o IM como uma instituição que cresce bastante no Brasil, temos avaliado e notado que é uma empresa que dá certo, que dá retorno, que acredita nas pessoas e que tem tudo para dar certo também em Angola”, afirmou Helder Lucas Chipino.

Próximo passo: Portugal

Gestores do IM participaram recentemente de uma feira de franchising em Portugal, projeto que há alguns anos também está na casa sendo avaliado. Segundo Alex Cavalheiro, existe uma grande demanda de investidores interessados em abrir franquias IM no país europeu. Ainda não há data definida para a chegada do IM a Portugal, mas a gestão garante que será em pouco tempo.

 

 

 

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.