Queima de fogos é realizada em frente ao hotel onde Fluminense está hospedado

Ação aconteceu na madrugada desta terça-feira, dia 27

Na madrugada desta terça-feira, dia 27, por volta das 2h30min, um pequeno grupo de torcedores do Criciúma promoveu uma queima de fogos de artifício em frente ao hotel em que a delegação do Fluminense está hospedada. O intuito era atrapalhar o descanso dos jogadores da equipe adversária. O time enfrenta o Tigre neste noite, às 19h15min, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

O hotel fica localizado na Avenida Jorge Elias de Lucca, na região da Grande Próspera. Conforme o gerente do hotel, Marcio Kestering, a Polícia Militar (PM) foi acionada, mas nenhum torcedor foi detido. Alguns fogos atingiram uma empresa química que fica próximo ao hotel.

O Criciúma emitiu uma nota de repúdio a ação realizada, acompanhe abaixo:

O Criciúma Esporte Clube lamenta e repudia o foguetório da madrugada desta terça-feira (27/07) em frente ao hotel em que está hospedada a equipe do Fluminense, nosso adversário das oitavas de final da Copa do Brasil. O ato, que tem a nossa total desaprovação, acabou atrapalhando o sono não só dos nossos adversários, mas também de outros hóspedes e dos moradores da grande Próspera.
Sempre fomos muito bem recebidos por nossos rivais em todas as cidades em que o Criciúma se hospeda, assim como mantemos a cordialidade de emprestar nosso Centro de Treinamento para as equipes visitantes e ter os locais de treinamento dos adversários a nossa disposição quando precisamos.
Jamais concordamos com tal fato e o acontecido não condiz com a conduta do clube. Pedimos desculpas aos atletas, comissão técnica e demais profissionais do Fluminense, assim como todos que foram incomodados nesta madrugada.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.