Notícias de Criciúma e Região

Projeto de Ciro não atrapalha o PDT catarinense

O ex-deputado e ex-prefeito de Lages Fernando Coruja Agustini é o pré-candidato do PDT ao governo do Estado e, se for necessário, o partido fará palanque duplo para o pedetista Ciro Gomes e para o petista Luiz Inácio Lula da Silva, em Santa Catarina, sem qualquer prejuízo à formação da Frente Democrática com os demais partidos de esquerda.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Presidente estadual do PDT, secretário-geral nacional e presidente da Fundação Leonel Brizola, o ex-deputado Manoel Dias entende que a confirmação da pré-candidatura de Ciro ao Planalto, no último dia 22 – data do aniversário de Leonel Brizola, que completaria 100 anos – não altera as conversas que envolvem a sigla com PSOL, PT, PSB, PdoCB e PV.

Os partidos devem fazer uma reunião em Lages, nos próximos dias, para estabelecer algumas diretrizes para as eleições.

Para Maneca, o que está se desenhando em Santa Catarina deveria ser seguido pelas agremiações de esquerda em todo o país, uma união necessária para enfrentar Jair Bolsonaro (PL).

Alternativa

O PDT com Fernando Coruja, o PT com Décio Lima ou Rogério Portanova e o PSB com Dário Berger pode virar uma candidatura única, patrocinada pela Frente Democrática.

Manoel Dias acreditas que Dário poderá a vir ser o nome de uma candidatura da esquerda, desde que formalize a filiação nas hostes pessebistas nos próximos dias.

Você também pode gostar